FanGirl - Rainbow Rowell

Autora: Rainbow Rowell 
Páginas: 424
Ano: 2014

Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme.Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real.Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Rainbow Rowell vai nos contar a história de Cath e Wren, irmãs gêmeas e acima de tudo melhores amigas. 

Tudo começa a mudar na relação das duas quando elas se mudam pro campus da faculdade e, por insistência de Wren, decidem não ser colegas de quarto. Elas, que antes faziam tudo juntas e em casa dividiam o quarto passam a enfrentar o complicado mundo da faculdade sozinhas. 

Para Wren tudo é mais fácil por ela ser a descolada, comunicativa e diferente. Ela logo faz amizade com sua colega de quarto e já começa a sair para as festas e bebedeiras. 

Com Cath a coisa é diferente. Ela tem de lidar com Regan, sua colega de quarto, que é de meter medo, com o fato de que de todas as matérias a única que ela gosta é Escrita da Ficção, com a falta que sente do pai e com a ausência cada vez maior da irmã. O que quase ninguém sabe sobre a Cath é que ela escreve fanfiction (aquelas histórias que os fãs escrevem sobre um determinado personagem) sobre os livros da série do Simon Snow (que na verdade é o Harry Potter). Ela é um sucesso na internet e suas fanfics tem milhões de acessos todos os dias. Para Cath, entrar no mundo de Simon é um escape para os problemas que ela tem de enfrentar na vida real. 

Conforme o tempo na faculdade vai passando, Cath e Regan se tornam cada vez mais próximas e Cath acaba conhecendo Levi, que ela pensa ser o namorado da amiga. Ele é loiro e sorridente e já implica com ela assim que aparece na história. 

Mas Levi não é o único garoto que aparece na vida de Cath. Na aula de Escrita da Ficção ela faz par com um garoto nerd bonitinho chamado Nick e eles começam a escrever juntos todos os dias na biblioteca. Na cabeça de Cath, Nick poderia ser o par perfeito para ela, mas.... será mesmo? 

Quando eu decidi ler esse livro foi única e exclusivamente por causa da autora. Em 2014 eu li Eleanor and Park da Rainbow Rowell e me apaixonei pelo jeito simples e único de sua escrita. Mas tenho de dizer: Fangirl não é nada como Eleanor and Park. A linguagem é diferente e em alguns momentos me lembrou muito uma fanfic mesmo. Eu já li muita fanfic quando eu era mais novinha e acho que talvez seja por isso que não gostei tanto desse livro: ele veio no momento errado. Eu tive a impressão de que ele foi só mais do mesmo, sabe? Nada surpreende na história e você não fica na expectativa do que vai acontecer simplesmente porque você já sabe. 

Outra coisa que me incomodou muito no livro foi que a autora dedica várias páginas em meio aos capítulos para nos mostrar um pouco mais do universo do Simon Snow, o que seria divertido se não fosse tão repetitivo. Algumas partes são legais, mas outras são longas e intermináveis e me deu vontade de ir pulando essas cenas. 

Calma, eu não odiei o livro de todo. Eu gostei muito da forma como a autora explorou a cumplicidade que as irmãs gêmeas tem. Elas foram abandonadas pela mãe quando eram pequenas e tiveram que conviver com a bipolaridade do pai que as criou a vida inteira e é por isso que elas são tão ligadas. Elas brigam em vários momentos do livro, mas estão sempre ali quando uma precisa da outra. 

Gostei também da personagem principal. Ela é durona mas ao mesmo tempo sensível e eu consegui me identificar com ela e com as decisões que ela toma. Também gostei do final, mesmo ele sendo um pouco vago. Achei que combinou com a historia. 

Apesar de ter me decepcionado com esse livro, não vou desistir da Rainbow Rowell. Assim que der, vou dar mais uma chance pra autora, mas sem criar muitas expectativas dessa vez.




Photobucket

1 comentários:

  1. Que pena que não curtiste tanto, não sei se eu gostaria também de algo no estilo.
    Ainda assim, acho que é mérito ter conseguido escrever algo no estilo, ou seja, trazer o próprio objeto do mundo do personagem para a o livro que o leitor tem em mãos.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir