Outlander - A Libélula no Âmbar - Diana Gabaldon


Outlander - A Libélula no Âmbar
Autora: Diana Gabaldon
Editora: Saída de Emergência Brasil
944 páginas
#2 da série Outlander
Original: Dragonfly in Amber
Sinopse: Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII.


O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?




Existem livros que simplesmente divertem você e outros que, não satisfeitos, entram na sua mente e mexem com suas emoções. Se eu pudesse definir em uma palavra o que A Libélula no Âmbar causou em mim seria: aflição.

Quando você se apega demais aos personagens como eu me apeguei aos fantásticos Claire e Jamie, você sofre por eles. Você torce por eles, você morde os lábios de nervosismo quando um deles está em perigo, você se desespera quando eles precisam passar até por cima da própria honra para salvarem um ao outro e, por fim, você se emociona com o romance dos dois e o poder dessa história.

O livro é dividido em duas linhas do tempo (Não direi mais do que isso porque é um spoiler chocante - e muitas resenhas já o mencionam) e você percebe que Diana Gabaldon não economiza cartas na manga e usa uma estratégia de narrativa que seria esperada alguns livros à frente. E aí você fica: "Meu Deus, eu não acredito! Como assim? E agora?". E é aí que somos levados a uma imersão na história da batalha de Culloden, nas intrigas da corte francesa e no próprio misticismo da obra.

Depois das aventuras do livro anterior, Claire - grávida - e Jamie precisam impedir a batalha de Culloden - que massacrou os escoceses - e pretendem influenciar os precursores da rebelião a desistir da ideia. Ah, mas que raiva - e nojo, muito nojo! - da nobreza e realeza francesas. Claire se consagra para mim como a protagonista mais corajosa e mais sangue frio que já li, mas com um coração simplesmente incrível.

Cenas de amor, de cumplicidade, do cotidiano, de guerra, de violência e algumas bem perturbadoras fazem parte da história. Eu normalmente não costumo ler narrativas assim, mas a história é tão fascinante e bem-escrita que é impossível largar (Estou aqui louca para comentar mais alguma coisa, mas quase tudo constitui spoiler!).

Não tem jeito, ainda estou louca para ir à Escócia, ver as Terras Altas, as vestimentas típicas (os kilts), os castelos, a história...Você descobre tanta coisa interessante sobre os costumes da época, que você se sente como já conhecendo bastante sobre aquele país (embora a selvageria daqueles tempos não fosse nem um pouco agradável).

A capa está mais bonita que o livro anterior, a diagramação continua boa de ler e não lembro de erros de tradução ou revisão. A Saída de Emergência está de parabéns por entregar um material de qualidade pouco tempo depois do lançamento do primeiro.

E se você ainda tem dúvidas se deve ou não começar essa enorme série de livros, nem hesite. É uma das histórias mais épicas do momento e por muitos anos, acredito.

A série de livros:
- A viajante do tempo
- A libélula no âmbar
- Resgate no Mar 
- Tambores de Outono 
- A Cruz de fogo 
- Um sopro de neve e cinzas 
- Ecos do futuro 
- Written In My Own Heart’s Blood 



Avaliação (de 0 a 5): 5,0



Photobucket

4 comentários:

  1. Sabia que você iria amar e o livro iria te causar tantos sentimentos... na minha opinião é a série mais linda que já li... a gente lê, lê, lê e não enjoa...kkkk

    beijos,

    ResponderExcluir
  2. Estou amando a série e já esperando ansiosa pelo volume 3. Jamie está cada vez melhor. Que final foi aquele? Curiosa até o último fio de cabelo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Já faz um bom tempo que uma amiga diz que eu preciso ler essa série... Mas quem diz que o tempo permite?
    Até comprei o primeiro da Saída de Emergência, mas ainda não li :/

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  4. Dé,
    Isso é verdade. Amor, raiva... Sentimento é o que não falta em mim quando começo a ler. É muito linda mesmo!

    Rose,
    Também fico curiosíssima. Preciso já ler os outros livros. Essa Diana Gabaldon...

    Lica,
    Vai começando aos poucos. Quando você perceber, não vai parar de ler rs


    Bjs!

    ResponderExcluir