Starters - Lissa Price

Livro: Starters 
Autora: Lissa Price 
Ano: 2012
Páginas: 367

Sinopse: Seu mundo mudou para sempre.Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha.A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbador em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador.Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado.

Uma distopia inovadora que fez o meu 2015 começar com o pé direito. 

Na história de Lissa Price o mundo não é mais o mesmo. Houve uma guerra terrível, chamada Guerra dos Esporos, onde foram lançados vírus capazes de causar a morte de todas as pessoas que fossem expostas a ele. Foram criadas vacinas, mas como uma medida drástica foram vacinados somente idosos até 60 anos e crianças de até 20 anos ou quem possuía muito dinheiro e fama. Ou seja, os adultos não foram vacinados e, portanto, ficaram isolados e vieram a falecer. 

No cenário pós-guerra, os idosos são chamados de Enders. Eles comandam a economia e são ricos e poderosos. Como tiveram que sair do conforto da velhice para trabalhar e se manter a expectativa de vida deles aumentou muito, chegando até aos 200 anos. As crianças são chamadas de Starters e não tem permissão para trabalhar, o que faz com que quem não tem avós vivos e ricos e que perderam os pais passem a viver em instituições obrigatoriamente. As instituições são lugares horríveis onde as crianças são maltratadas e obrigadas a trabalhar, por isso vários Starters vivem nas ruas clandestinamente, se abrigando em prédios abandonados e muitas vezes não tendo nem o que comer. 

Callie é uma dessas crianças que vivem nas ruas. Ela, seu irmão mais novo Tyler e Michael, que era seu vizinho antes da guerra, estão se virando para achar comida e um lugar para morar sem serem pegos pelos inspetores. Para eles é tudo um pouco mais complicado pois Tyler tem uma doença pulmonar rara e precisa de cuidados especiais. Ele está piorando a cada dia que passa e Callie só pensa em salvá-lo. 

 A única saída que Callie vê para conseguir algum dinheiro e tirar seu irmão das ruas é uma empresa chamada Prime Destinations. Mesmo não sabendo nada sobre, Callie decidi dar uma olhada para ver como poderia trabalhar para essa empresa. Ela descobre então que a Prime é uma empresa que aluga os corpos jovens, saudáveis e belos dos Starters para os Enders que querem se divertir, praticar esportes radicais ou simplesmente voltar a ser adolescente. Essa troca de corpos ocorre quando um chip é inserido no doador com a função de fazer a conexão com o inquilino. O Starter não sente e não lembra de nada quando essa conexão está estabelecida. 

Depois de pensar e repensar, Callie decide assinar o contrato de três aluguéis em troca de um bom dinheiro que receberá ao término do terceiro aluguel. 
Nos dois primeiros aluguéis ocorreu tudo bem mas, ao acordar do segundo aluguel, Callie é informada de que o próximo durará cerca de 1 mês e que precisa começar imediatamente. 

No terceiro aluguel, Callie acorda toda confusa em uma danceteria e percebe que alguma coisa está errada, pois deveria ter acordado na Prime. 

A partir daí, a garota descobre vários mistérios na vida da Ender que alugou seu corpo e mais do que isso, descobre que a Prime não é na verdade o que parece ser. Tudo pode ser muito pior. 

 Logo nas primeiras páginas esse livro já me conquistou. Eu adoro tudo nele, desde a capa maravilhosa, passando pela protagonista sensacional, pelos mistérios, o vilão e até o final que deixa um gancho enorme para o próximo livro. 

Achei muito interessante a forma como a autora escreve. Ela nos deixa pensativos e cada vez mais curiosos para saber como essa história vai acabar, Tratando de distopias eu acho que é ainda mais legal quando a protagonista é a narradora porque a gente se sente mesmo dentro daquele mundo futurístico e incrível. Eu acho que as distopias fazem isso: nos prendem na história de um jeito único. 

Também tem um pouco de romance, mas esse não é o foco, a autora se concentrou na resolução dos mistérios (que são muitos). O vilão é um desses mistérios, inclusive. Nesse livro nos só sabemos que ele é conhecido como ‘O Velho’ e que está por trás de todas as ações da Prime Destinations. 

O irmãozinho da Callie também é um personagem que eu gostei. Ele é super fofo e os momentos que eles estão juntos me fez derramar várias lágrimas. 
Eu estou louca para ler o próximo livro e as minhas expectativas estão lá no alto. Espero não me decepcionar.   

Nota: 5,0. 



Photobucket

2 comentários:

  1. Oi, como vai?
    Há bastante tempo ouço falar desse livro e quero lê-lo, mas nunca li uma resenha tão detalhada quanto a sua, parabéns!
    A história parece ser muito interessante, fiquei curiosa para saber mais sobre "O Velho". Já está na minha lista dos desejados :)
    Beijo.
    Choque Literário

    ResponderExcluir
  2. Oi Luiza, eu vou bem, e você?
    Obrigada! Adorei esse livro e o Velho é um vilão bem misterioso, enigmático e maligno, hahaha
    Espero que você goste assim como eu.
    Beijos,
    Aline.

    ResponderExcluir