A Garota de Papel - Guillaume Musso



A garota de papel conta a história de Tom Boyd, o escritor do momento. Os dois primeiros volumes de sua Trilogia dos anjos já venderam milhões de exemplares e colecionam fãs no mundo inteiro. Mas, ao perder seu grande amor, Tom cai em uma profunda crise criativa e se sente incapaz de escrever uma única linha do esperado último livro da trilogia, recorrendo à bebida e às drogas para aliviar sua dor. Certa noite, uma misteriosa mulher aparece em sua casa e afirma ser Billie, personagem de seus romances, caída da página do livro para o mundo real por causa de um erro de impressão no segundo volume da trilogia. Se Tom não voltar a escrever, ela morrerá. Juntos, eles saem em uma fabulosa jornada ao longo das costas californiana e mexicana para tentar recuperar o amor perdido de Tom e, assim, sua inspiração. O que ele nem desconfia, porém, é que o destino é caprichoso e talvez as coisas não sejam como ele imagina...

A garota de papel é uma história de amor e suspense que transcende a ficção, uma aventura romântica e bem-humorada que se desenrola no encontro entre o real, o imaginário e o fantástico.

A Garota de Papel (La fille de papier)
Autor: Guillaume Musso
Editora Verus (2012)
350 páginas

Tom Boyd um autor de sucesso com um grave problema: não consegue mais escrever.

Ler isso me deixou aflita por dois motivos: 

1. Ter um bloqueio desses é péssimo, sei disso por ser aspirante.
2.  Se eu fosse uma das fãs dele estaria pirando, como assim ele não consegue escrever o terceiro livro da trilogia?!

Tom tem um bom motivo: Aurore, sua pianista incapaz de relacionamentos sérios, lhe deu um pé na bunda e foi algo bem vergonhoso. No lugar do Tom eu iria em busca de um buraco para me esconder.

Chafurdado em remédios ele não tem mais vida social, vive trancado em casa, até que seu melhor amigo Milo vai em seu resgate.

Milo tem um passado marcante, que agradece a Tom por ter se livrado do destino e escrito um novo caminho, do velho Milo só resta uma coisa: o amor que sente por certa personagem. Ele vai sacudir Tom para tirá-lo da fossa, mas também traz uma péssima notícia.

Como se não bastasse Milo, Tom ainda tem de aturar os sermões de Carole, sua melhor amiga policial, que também se sente em débito com o escritor. 

Esses três não nasceram em berço de ouro, mas a amizade os manteve a salvo de um destino funesto. E não vou contar qual a luta de cada um, mas digo que todos sofreram bastante e merecem a vida atual.

Como se não bastasse as cobranças, Tom numa noite chuvosa se depara com uma garota nua e encharcada dentro de sua casa. Mas esse não é o fato desconcertante... Ela jura que se chama Billie Donelly, nada menos que uma de suas personagens.

Então ele está louco ou ela é uma fã maluca que sabe tudo sobre a personagem?

O certo é que diante de provas de que Billie é real e caiu de seu livro que saiu com defeito, Tom vai entrar numa aventura.

Billie o convence de que ir atrás de Aurore será o santo remédio e que então ele irá começar a digitar seu livro.

Gente, eu não sei dizer de quem eu gostei mais...

Tom e sua irritabilidade, mas tão amoroso por dentro. Carole e sua amizade enorme, sua preocupação e seu empenho; ou Milo com sua persistência em ajudar o amigo. Bem como não nego que Billie ganhou meu coração.

Num cenário que vai dos EUA ao México e daí para a França, Guillaume Musso me prendeu, me cativou a ponto de reclamar quando tinha que abandonar a leitura para cuidar dos afazeres.

Guillaume Musso sabe lidar com as palavras, é ágil, é intenso, é mágico. A editora está de parabéns pela edição, não achei erros e amei essa capa.

Sem nenhuma dúvida eu recomendo. O que está esperando para começar a ler?

O certo é que estou em busca de outro livro do autor e sinto que não vou me arrepender.



Nota (0-5): 5


Não deixem de participar do nosso POST PREMIADO:



8 comentários:

  1. Que delícia parece ser esse livro Dani... confesso que nunca havia me entusiasmado, mas agora fiquei bem curiosa...
    Nossa, se eu fosse fã do Tom também ia estar agoniada pelo último livro da trilogia...kkk

    beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Dé, com certeza eu achei maravilhoso, gostei da escrita do autor, da trama, foi tudo muito divertido. Preciso de outros livros dele.
      Os fãs do tom sofrem... kkk

      Excluir
  2. Uau! Que livro... louco kkk, adorei. Acho que leria apesar de não fazer meu gênero.
    P.S: capa BR mais bonita :)

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Léo,
      Louco? Só um pouquinho, mas é bom para fugir da realidade.
      Acho que você iria gostar.

      Excluir
  3. Eu adorei esse livro ♥
    Tem outro dele (O chamado do anjo, se não me engano), que estou querendo ler. ^^

    Beijo,
    Jana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jana,
      Tem sim O chamado do Anjo, quando estava lendo o livro e teve uma alusão eu achei familiar, só caiu a ficha quando pesquisei pelo autor e vi o tal livro.
      Espero que seja tão bom quanto este.
      Obrigada.

      Excluir
  4. Oi Dani!
    Que confusão heim, rsrs!
    Agora fiquei curiosa pra sabe se é ou não personagem.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gladys,
      Verdade, é uma completa confusão e para saber, recomendo que leia. =)

      Excluir