Por Isso a Gente Acabou - Daniel Handler

Nome: Por Isso a Gente Acabou 
Autor: Daniel Handler 
Páginas: 368
Ano: 2012
Sinopse:
'Por Isso a Gente Acabou' trata, com a comicidade típica de Daniel Handler, nome verdadeiro de Lemony Snicket, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slaterton estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de 'Por Isso a Gente Acabou', que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas desse romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou.

Uma história tão, mas tão clichê que faz você se identificar do começo ao fim.
Min Green é a típica adolescente excluída na escola que só se relaciona com os poucos amigos que conquistou ao longo dos anos. Ela tem uma paixão louca por filmes antigos e está sempre comparando as coisas que acontecem em sua vida com os filmes. 

Ela tem um melhor amigo chamado Al que decide que precisa fazer uma festa de aniversário de 16 anos. 

Eis que nessa festa surge o nosso mocinho: Ed Slaterton. O (vejam só) bad boy atleta, aquele garoto problema que todas amam e todos querem ser. Ele vai de penetra na festa de Al e se interessa por Min, convidando-a para sair. 

Eles sempre estudaram na mesma escola mas nunca tinham se conhecido, isso muda em pouco tempo e eles começam um relacionamento que (já sabemos pelo título do livro) irá chegar ao fim.  

O relacionamento é improvável e dura apenas algumas semanas. Apesar de se gostarem, os dois são muito diferentes e imaturos para encarar a responsabilidade de um romance mais sério. A quem diga que a culpa do namoro ter terminado é de Ed, mas eu acho que os dois tem sua parcela de culpa. Min estava encantada com Ed e, mesmo enxergando que as coisas não estavam bem, não fez nada para mudar isso.

A historia é contada através de uma carta que Min decide deixar na porta da casa de Ed junto com as coisas que de algum modo marcaram o relacionamento. Nessa carta, ela vai explicar desde o começo o que aconteceu para que eles não dessem certo. 

O mais legal do livro todo é que nós podemos ver as imagens dos objetos que Min coloca na caixa para Ed. Para mim isso tornou a leitura mais real ainda e me fez imaginar a história como se estivesse acontecendo comigo. E na verdade, pode acontecer né? Ninguém está protegido de desilusões amorosas e aposto que todos lembram como foi a bagunça do primeiro relacionamento. Isso que me fez gostar do livro (apesar da história sem novidades e dos personagens sem graça), todos podemos nos identificar. 

O personagem que eu mais gostei do livro foi o Al, que infelizmente não aparece muito. Min é tão chata quanto uma garota real na idade dela pode ser. E Ed é tão imaturo e inconsequente que me deu até raiva. 

Não é um livro de todo ruim, mas não é uma coisa que vai trazer uma grande e valiosa lição para sua vida, entende? Só é legal para acompanhar os dramas adolescentes e toda a confusão que o primeiro amor pode causar.


Nota: 3,0. 


Photobucket


Não deixem de participar do nosso POST PREMIADO:

3 comentários:

  1. Oi Aline,
    Tava super maluca por esse livro quando lançou... e quando li foi uma decepção... a mocinha é um porre, o mocinho vai no mesmo caminho...e sim, só se salva o Al. kkkk
    Não consegui me identificar com a trama, achei uma tempestade em copo d'água.
    Mas é bom ver que a leitura foi boa para você. =)

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline,

    Ah esse não é meu tipo de livro... pelo título você já sabe que o final não será feliz...
    E sinceramente, essa fase da adolescência não me deixa nem um tiquinho de saudade...kkkk

    beijos,

    ResponderExcluir
  3. oi, Aline ^^
    Concordo contigo. Não é um livro que vai marcar o leitor, mas não deixa de ser um bom livro. Também o avaliei com 3 estrelas.

    Beijo,
    Jana

    PS: as ilustrações são incríveis! Também fiquei com a sensação de que isso deixou a história com toda cara de ser algo real.

    ResponderExcluir