Cure meu coração - Melissa Walker

A expectativa de Clem para as férias que passaria velejando em alto-mar com os pais e a irmã caçula era de um verão no exílio. Em crise consigo mesma, ela embarca no veleiro Tudo é possível sem saber, que na verdade, o que a espera é uma viagem de descobertas sobre a amizade, o amor e o perdão. Seja bem-vindo a bordo! Alternando capítulos no passado e presente, Unbreak my Heart é uma maravilhosa história de amor que vai agradar aos fãs de Sarah Dessen.











Cure meu coração (Unbreak my heart)
Autora: Melissa Walker
Farol Literário (2015)
272 páginas



Ah Clementina....

Apenas dezesseis anos e com o coração despedaçado. 

Porém antes que você desista do livro não é apenas por um amor não correspondido.

Clementina Williams está irritada, triste e destruída, tanto que a viagem com os pais durante o verão a bordo do Tudo é possível, lhe soa como refúgio. Água, livros e música é o que ela planeja para as férias.

No começo me irritei com ela por tanta grosseria com a irmã mais nova.

Olive tem dez anos, mas é madura para sua idade e me ganhou pela doçura e pelo amor aos livros. Ela tenta de tudo para melhorar o humor da irmã.

Aos poucos Melissa Walker vai nos mostrando o que aconteceu antes das férias. São novos acontecimentos que trazem lembranças à tona e nos ajuda.

Conhecemos por meio dos pensamento de Clem seus amigos: Amanda a melhor amiga desde o jardim de infância, super vaidosa e extrovertida. Henry com sua paixão por cinema e sonho de ser cineasta. Aaron que está sempre por perto e tem um humor contagiante. E Reneé, bem esta quase não foi citada, passei batida por ela. 

Esse grupo de amigos se divertia bastante, desde caçadas ao tesouro à sessões de filme. E tudo o que podemos nos questionar é: O que houve para que dessem as costas à Clementina?

Confesso que ao descobrir o que acarretou o rompimento entre os amigos, eu fiquei muito brava com quem ocasionou. Tanto que é o personagem que considero odioso.

Daí você se pergunta, o livro é todo assim? Só memórias e lágrimas?

Não.

Graças a já citada Olive e ao James Thowsend um rapaz ruivo e muito bem humorado, com um alto astral contagiante aos poucos Clem vai superando o que lhe machuca.

James adora desenhar e ouvir música. Com suas brincadeiras consegue distrair Clem e aos poucos a amizade vai se fortalecendo e se transformando.

O foco do livro não é o romance, mas a superação, a compreensão, a descoberta de quem realmente Clementina é.

E com ajuda de James e da família Williams vemos o véu cair dos olhos de Clem.

Não posso deixar de citar um casal de idosos que são muito fofos e compartilharam um pouco de sua sabedoria e vivência com a Clementina. Ruth e George têm uma história de amor muito bonita. E com alguns conselhos darão uma luz à confusão na mente da jovem.

Cure meu coração é um livro com muitas emoções, com muito aprendizado por parte da mocinha. 

Melissa Walker nos mostra que por mais doloroso que um evento nos pareça podemos nos reerguer, e não precisamos usar do "porque fulano sofreu mais que eu".

Cada um tem sua dor e sente de uma maneira, não há porque medir. O que importa é unir forças para ser feliz acima das adversidades. E para sermos perdoados, precisamos perdoar a nós mesmos.

Um livro totalmente recomendado. 



Nota (0-5): 4,5






4 comentários:

  1. Olá Danielle,

    A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro foi essa capa escandalosamente linda, né?
    Mais aí quando li a sinopse foi amorzão total e percebo que eu gostaria muito desse livro, afinal como não se identificar com corações partidos e primeiras paixões? Tô mundo passou por isso...

    Sei que as atitudes da personagem principal e suas grosserias são reflexos da realidade, quando temos 16 anos e passamos por algo ruim é como se o mundo desabasse e o que realmente importa é como nos sentimos e que se dane os outros, não é? Acho que o fato dela ser assim nos incomoda porque sabemos que somos ou já fomos assim também! Adoro livros assim, que nos coloca cara a cara com nós mesmos e nos faz perceber que as críticas que fazemos podem ser feitas a nós mesmos em algum momento de nossa vida, né? ♥ Quero ler ainda mais.

    xoxo
    Mila F
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,
      Sabe que nesse quesito eu fui diferente? Sempre fui introspectiva e não tinha amigos como a Clem, coisa da qual sinto falta, eu era a esquisita da classe pessoal me achava nerd. =/
      A autora pegou um tema clichê e conseguiu colocar num ambiente agradável para os sentidos com personagens maravilhosos ajudando a mocinha.
      E apesar de tudo a Clementina não fica de mimimi eternamente, são momentos.
      Espero que você leia e o livro soe tão encantador quanto para mim.
      Obrigada.

      Excluir
  2. Oi, Danielle!
    Eu estou de olho neste livro desde que foi publicado lá fora. Só tinha visto de capa (o famoso leio pela capa rs) e gostei do título. Tinha a impressão que deve ser no mesmo estilo dos livros da Sarah Dessen, que eu amo!
    Porém, preciso admitir que agora me pareceu drama demais... rs Sei lá, não curto drama adolescente se for muito repetitivo (um pouco a gente aguenta. kkk)
    Enfim, pode ser que eu leia um dia (continua na lista), mas tão logo não :3
    Beijo,
    Jana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jana,
      Não se deixe enganar não há excesso de drama e nem mesmo repetição.
      É um livro com um bom conteúdo e bem colocado. Acredito que vai ser uma ótima leitura.
      Obrigada por comentar.

      Excluir