Austenlândia - Shannon Hale

Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD.Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros. 




Que atire a primeira pedra quem nunca sonhou em encontrar um perfeito Mr. Darcy, pode ser ele da sua cabeça ou a imagem e semelhança de Colin Firth, que interpretou o personagem no famoso seriado da BBC.

Bem, Jane Hayes, a protagonista desse livro não é diferente de nenhuma de nós, o problema é que ela compara todos os homens da sua vida ao tal Mr. Darcy e os descarta rapidamente...

Nem preciso dizer que qualquer homem comparado a um personagem de romance certamente perderia feio... e quando comparado ao educado, refinado e TDB do Mr. Darcy a chance de isso acontecer é ainda maior...

O enredo desse livro é bem surreal, mas que Chick-lit não é? Jane ganha de herança de uma tia rica e excêntrica umas férias em Austenlândia, lá tudo deve ser seguido a moda antiga, como nos tempo de Austen, é proibido o uso de aparelhos modernos, as vestimentas, costumes, cabelos, sapatos... enfim, todos os detalhes daquela época são recriados para proporcionar à hospede a melhor experiência possível...

Jane embarca nessas férias bastante cética, mas disposta a viver todos esses momentos e quem sabe, enfim deixar a ilusão de Mr. Darcy de lado...

O livro foi bem interessante nesse quesito pois me fez pensar que a vida antigamente devia ser bem entediante, acho que não conseguiria passar uma semana sequer nesse tempo cheio de regras de etiqueta... o livro é mais interessante para aqueles que já leram as obras da autora Jane Austen, já que tudo o que se passa ali faz alusão a época das obras da autora.

Jane se vê imersa nesse universo e de repente não sabe mais quem está apenas atuando e quem não está... as vezes se sente ridícula por usar aqueles trajes antigos, enquanto em outras vezes se sente encantadora...

Eu gostei bastante da leitura, que é rápida, fácil e leve... e ainda me deixou com um gostinho de saudade, uma vontade de reler Orgulho e Preconceito e até Persuasão...

Recomendo para os fãs de Jane Austen... o final é bem fofo e eu me apaixonei pelo personagem masculino, pensando bem, umas férias em Austenlândia viriam bem a calhar...

Série:
- Austenlândia
- Meia-noite em Austenlândia

Avaliação (de 0 a 5): 4,0










Photobucket

2 comentários:

  1. Oi Débora,
    Não li nada da Austen, mas achei engraçado um lugar no qual as pessoas mergulham na fantasia. Não conseguiria aproveitar essas férias, minha veia artística não permite.
    E esse mocinho aí... sei lá, não senti muita curiosidade.
    Boa leitura para o próximo. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani,

      Você não sabe o que está perdendo... Jane Austen escreve ironizando os padrões de comportamento de sua época, os meus preferidos são Orgulho e Preconceito, e Persuasão...
      Quanto ao mocinho desse livro ele é bem fofo, mas não posso falar muito pois seria spoiler falar até sua identidade... =/

      beijos,

      Excluir