[Sessão Pipoca] Mad Max - Estrada da Fúria




Diretor:George Miller
Elenco: Tom Hardy, Charlize Theron e Nicholas Hoult.
Sinopse:Assombrado por seu turbulento passado, Mad Max acredita que a melhor maneira de sobreviver é vagar sozinho. No entanto, ele é levado por um grupo em fuga através de Wasteland em um War Rig (carro de guerra) dirigido por uma Imperatriz de elite chamada Furiosa. Eles estão fugindo de uma cidadela tiranizada por Immortan Joe, que teve algo insubstituível roubado. Enfurecido, o senhor da guerra convoca todas as suas gangues e persegue os rebeldes impiedosamente na estrada de guerra que se segue. (Filmow)









"What a day! What a lovely day!"


PARE TUDO O QUE ESTIVER FAZENDO E VÁ VER MAD MAX! Sério. Esse é o melhor filme de ação do ano até mesmo para quem não gosta de ação.

Sendo o remake do clássico dos anos 80 estrelado pelo Mel Gibson que - por sinal - eu não vi, eu pensava que seria somente um filme de ação muito louco e apenas isso. Que nada. O longa tem uma mitologia riquíssima, uma bela direção de arte e ainda por cima valoriza as personagens femininas como os filmes do gênero raramente fazem.



Situado num mundo pós-apocalíptico, o filme mostra como Mad Max encontra Furiosa, que decide levar as escravas sexuais do tirano Immortan Joe para libertá-las. É aí que a maior perseguição de carros de todos os tempos acontece no deserto, regada à insanidade, adoração pelo automobilismo e figuras esquisitíssimas. Nessa cultura, morrer numa dessas perseguições de carros é uma glória.


Imperatriz Furiosa é uma heroína totalmente badass, profunda, forte e mesmo com um braço só consegue lutar com qualquer um. O destaque da personagem causou polêmica, mas as mulheres merecem se ver representadas de forma tão maravilhosa no cinema! A maioria das mulheres nos filmes aparece como interesse amoroso do protagonista ou explorando a sua sexualidade. Furiosa não. Ela tem luz própria e divide a cena de igual pra igual com Max.


Além de tudo isso, o roteiro é muito bem construído, com surpresas e reviravoltas, sem falar que os personagens não precisam dar longas explicações para que entendamos o que acontece ao redor. O filme também investe muito no visual, falando muito pela própria fotografia e até pelo figurino.

Com adrenalina quase ininterrupta, é difícil sequer recuperar o fôlego entre as cenas. Vale muuuito a pena ser visto em 3D ou 4D. Mad Max é realmente um daqueles filmes que faz parecer como se você tivesse corrido uma maratona. E sem cansar :)


Veja o trailer:




Avaliação (de 0 a 5): 5,0




Photobucket

4 comentários:

  1. Poxa, que legal Mika... jurava que era um remake daquele filme horroroso do Mel Gibson, agora quer ver...
    Final de semana vai ter cinema...kkkk

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é o remake do filme do Mel Gibson, inclusive com o mesmo diretor, mas com uma roupagem totalmente renovada. Muuito bom, Dé! Vale a pena assistir!

      Bjs!

      Excluir
  2. Hey Mika!
    Esse filme não faz meu tipo... dia desses vi entrevista com o diretor e achei interessante ele ter imaginado o remake com o próprio Mel Gibson. Acredito que a mudança de ator tenha sido melhor.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Nem fazia o meu tbm hehe
      Mas ouvi tantas coisas positivas que acabei vendo e adorando. Recomendo!
      Eu também preferi o filme sem o Mel Gibson...

      Bjs!

      Excluir