Vaclav & Lena – Haley Tanner

Sinopse: Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu. Haley Tanner tem a originalidade e a verve de uma contadora de histórias nata, e também a ousadia de imaginar um mundo em que o amor pode superar as circunstâncias mais difíceis. Em Vaclav & Lena, a autora dá vida a dois inesquecíveis jovens protagonistas que evocam a alegria, a perplexidade e a paixão de se ter uma profunda e duradoura ligação com outra pessoa.

Nome: Vaclav e Lena
Autor: Haley Tanner
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 272


Vaclav e Lena foi o livro que me encantou pela capa, pelo título e pela sinopse. Considero uma leitura rápida, simples e sem grandes reviravoltas durante boa parte da trama. Os personagens Vaclav e Lena foram muito bem construídos e uma parte de mim sente de eles existiram de verdade pois a Haley os detalhou tão bem que quando terminei o livro tive a impressão que conheci pessoalmente Lena e Vaclav, como se eles fossem reais.

O livro é dividido em três partes: Juntos, Separados: Vaclav e Separados: Lena. (Na verdade são quatro partes, mas não posso dizer a última porque seria um quase spoiler e iria se tornar obvio o que acontecia no final, então recomendo você não dar uma espiadinha no final do livro).



Vaclav e Lena se conhecem em uma aula de inglês, ambos têm seis anos e são russos que estão vivendo em Nova York. Vaclav desenvolveu bem o inglês, já Lena tem dificuldades e fica calada a maior parte do tempo.

Vaclav vive com os pais, tem uma vida bem estruturada em uma ótima casa e é obcecado por coisas referentes a truques mágicos sendo seu sonho se torna um mágico famoso tendo ao seu lado Lena como sua assistente de palco.

Lena é uma garota bastante tímida e é tão vulnerável que várias vezes senti vontade de dar um abraço nela e criar ela e dar tudo o que uma criança precisa. Lena mora com a tia e apenas sabe que foi abandonada por seus pais, não faz a mínima ideia de onde estejam. A tia de Lena não é a melhor das pessoas e não é responsável.

“Enquanto isso, Lena, no chão, escuta tudo. Por ser calada, os adultos se esqueciam dela, e Lena adquiriu um superpoder que a maioria das crianças desejaria ter: tornou-se invisível.” — Página 166

Desde cedo, Vaclav e Lena sabem que foram feitos um para o outro e então prometem que um dia vão se casar. Porém as coisas tomam um rumo completamente diferente do esperado, as coisas entre Vaclav e Lena começam a ficar estranhas, e no outro dia na escola Lena não aparece para aula. Desde então, Vaclav nunca mais a viu e não sabe o que aconteceu, contudo ainda assim toda noite ele deseja boa noite a Lena.

No aniversário de 17 anos de Lena, 7 anos após o desaparecimento misterioso da garota, Vaclav finalmente sabe o que aconteceu com Lena.

O livro é fantástico na forma de abordar assuntos que na maioria das vezes não conhecemos, como eu que não sabia muito bem como são a vida de imigrantes e suas dificuldades. A Lena é muito fofa, amável e Haley conseguiu passar de uma forma impactante e ao mesmo tempo leve a vida nada fácil da jovem.

É um livro para ler em poucos dias, não acredito que consiga ler de uma vez porque o enredo é bastante monótono no começo e não a nada que lhe prenda ao contexto. Só quando começa a parte “Separados: Vaclav” que você tem algo para lhe prender: O que aconteceu com Lena?, mas ainda assim você não obtém uma responda logo.

Então é isso turma, recomendo esse livro para você que gosta de um romance bem leve, de refletir com as morais das histórias de vidas dos personagens e para quem gosta de uma pitada de drama.


 Classificação: 3,5







Photobucket

2 comentários:

  1. Oi, Leo!
    Faz tempo que quero ler esse livro (desde que foi publicado) e há cerca de um ano o comprei, porém, não li ainda rs É que sempre aparece algo mais urgente. Sabe como é leitor, né? hahaha Dos meus amigos leitores que leram, todos gostaram, mas ficam sempre nessas 3 estrelas e isso me desanima um pouco, porque isso pra mim é o clássico "não fede nem cheira". =P
    Enfim, apesar de já começar a leitura sabendo que o começo é monótono (detesto livros que demoram a "começar"), ainda pretendo lê-lo porque continuo curiosa!

    Beijo,
    Jana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jana!!
      Nossa, sei muito bem como é isso, nossa enorme montanha de livros a serem lidos crescem cada vez mais. Vaclav e Lena tem um... digamos que... "fluxo de leitura baixo". Na leitura você engasga várias vezes enquanto está lendo, e isso acontece porque não está acontecendo nada demais, ao menos na maior parte do livro. Mas o livro tem uma história muito bonita e um tanto trágica. E por isso é um livro bom, pela história que ele trás. Foi exatamente por isso que dei uma nota "mais ou menos". Mais pela história. Menos por ter sido uma leitura cansativa.
      Dê uma chance a ele.

      Beijo!

      Excluir