A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

Editora: Novo Conceito
288 páginas
Original:Playlist for the Dead
Sinopse:Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.

Sam encontra o seu melhor amigo Hayden morto, quando vai tentar fazer as pazes com ele depois de uma briga. O garoto cometeu suicídio e deixou uma playlist para Sam tentar entendê-lo mais.

É então que ele percebe que Hayden - tímido, disléxico e vítima de bullying da turma do próprio irmão popular no colégio - tinha mais segredos do que imaginava. Ao conhecer a charmosa e incrível Astrid, Sam descobre que Hayden também conhecia outras pessoas. Mas uma série de misteriosos ataques à turma que fazia bullying com Hayden acaba colocado as suspeitas em Sam.

A Playlist de Hayden é um livro leve e ao mesmo tempo sensível, lembrando um pouco As Vantagens de Ser Invisível. Em boa parte da história, o livro mostra as dores de uma perda como essa adicionado com uma certa dose de suspense.

E até certa parte funciona sim, só achei desnecessário o tamanho do mistério para a resolução apresentada. Acho que a história tem seu ponto positivo na maneira madura com que trata as personalidades dos personagens. 

Depois de uma tragédia dessas, todos se sentem culpados. Mas a culpa é mesmo de alguém? Acho que a autora abordou isso de forma madura, sem soluções imediatas e com muito realismo, mas sem soar dramática ou triste demais.

A playlist não é a "protagonista" da história, apenas está ali para servir como pano de fundo musical para as mudanças na vida de Hayden. Muita gente achava que a playlist daria pistas para alguns dos mistérios, mas a função dela ali é apenas alegórica mesmo, na maior parte dos capítulos (cada capítulo tem uma música específica)



O livro é uma leitura fluida e rápida - dá pra ser lido de um fôlego só - e muito recomendado para quem curte histórias maduras sobre a adolescência.

OBS: Se quiser ouvir a playlist, a Novo Conceito a disponibilizou aqui

Avaliação (de 0 a 5): 4,0







Photobucket

2 comentários:

  1. Oi Mika,
    Eis um livro que não me despertou interesse....o único porém que queria saber era se Hayden era ele ou ela. kkkk.
    Uma pena que a playlist não seja uma pista.
    O tema abordado é bem atual e o Sam vai se ver numa situação complicada...
    Não o leria...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, Hayden é um personagem masculino.
      Pois a temática é pesada, mas foi tratada com sensibilidade. Talvez seja boa para pessoas que lidem com esse assunto na Psicologia e tal...

      Bjs!

      Excluir