Rush sem limites - Abbi Glines @editoraarqueiro

Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos. Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto. Depois do sucesso da trilogia Sem Limites, Abbi Glines leva os leitores de volta ao início dessa história de amor. Em Rush sem limites, você entrará na mente do bad boy que já conquistou milhões de fãs mundo afora.



Sempre gosto de livros sob o ponto de vista masculino (POV), e eu simplesmente tive vontade de matar o Rush nos livros da série sem limites, achei que ele tratou muito mal a Blaire e que ela merecia alguém muito melhor... e ainda bem que o Rush concorda comigo...

Mas agora chegou a vez de entender a história contada sob o ponto de vista dele... e talvez ele tenha ganhado alguns pontos comigo... porque talvez ele não tenha sido tão canalha quanto achei que fosse... ou ao menos ele se apaixona de verdade pela Blaire desde o começo...

O bom dos livros com POV masculino é que eles tem bem menos mimimi... e nesse caso o livro é bem mais forte, com bem mais sexo do que a narrativa da Blaire... além de ter muito mais palavrão... Rush gosta de falar muita sacanagem e deve agradar bem mais as garotas que curtem um livro erótico.

Para o Rush sexo é algo muito importante e presente em sua vida, fiquei um pouco desconfortável com isso, apesar de ler livros eróticos, achei esse bem franco, real... mas ele não consegue tirar Blaire do pensamento... e logo está caidinho pela moça... nesse livro ele consegue lidar bem com a irmã, só achei que ele pecou muito no final, em não ter contato logo a verdade para a Blaire...

Pelo andar da carruagem, creio que haverá outros dois livros com o POV do Rush... e foi justamente no segundo livro que eu ODIEI o Rush, então até que será bom ter um livro dele justificando suas ações... e quem sabe, talvez, algum dia... eu consiga entender como ele pôde colocar a sua irmã Nan a frente da sua namorada grávida...

Rush é bastante territorialista, já havia percebido isso nos livros da Blaire, mas aqui isso fica ainda mais evidente... é um personagem bem mais complexo do que a principio foi escrito, ou talvez a autora tenha aproveitado a oportunidade para colocar mais nuances em seu caráter... só sei que o resultado ficou muito bom...

O livro é muito mais que a mesma história contada sob outra perspectiva, há diálogos novos, muitos pensamentos e outro entendimento de quem é o personagem...

Recomendo para quem é fã da série...

Série Sem limites:
1. Paixão sem limites (Fallen too far)
2. Tentação sem limites (Never too far) 
3. Amor sem limites (Forever too far)
4. Rush sem limites (Rush too far)

Ordem cronológica dos livros Rosemary Beach:
1 - Paixão Sem Limites (Rush e Blaire)
2 - Tentação Sem Limites (Rush e Blaire)
3 - Estranha Perfeição (Woods e Della)
4 - Amor sem limites (Rush e Blaire) 
5 - Simples Perfeição (Woods e Della)
6 - Take a Chance (Grant e Harlow) - Ainda não publicado no Brasil
7 - One More Chance (Grant e Harlow) - Ainda não publicado no Brasil
8 - You Were Mine (Tripp e Beth) - Ainda não publicado no Brasil

Nota (0-5): 4 





Photobucket

0 comentários:

Deixe seu comentário