Um amor em Londres - Marion Crick


Kathy e Giles trabalhavam no mesmo escritório, no centro de Londres: sentiam-se muito atraídos um pelo outro, mas apesar da troca de olhares provocantes não sabiam como tomar a iniciativa para combinar um encontro. Foram os Jogos de Londres que lhes proporcionaram esta oportunidade. No entanto, não estariam logo a sós, pois Kathy levou a filha.

Um amor em Londres (Lovedon)
Autora: Marion Crick
Editora CCLP (2013)
78 páginas

Ah Londres... como não ter interesse ao ler tal palavra?

Daí se você como eu leu a sinopse (atitude que só tomei agora), vê que é um tanto blergh.

Infelizmente eu não posso dizer que nos enganamos e o livro é uma maravilha...

Marion Crick tem uma escrita rápida, uma narrativa que flui, mas o romance em si é muito sem graça.

Giles é um recém divorciado que ainda não deixou a fila andar, bem conservado em seus trinta e oito anos, ainda não criou coragem de avançar um nível com Kathy, sua funcionária.

Kathy por sua vez já passa dos quarenta, mas está com o corpo em dia, tem uma filha de sete anos e está sem companhia desde que se separou de Matt.

Kathy e Giles se gostam, ele teme dar um passo a diante, pois é chefe dela. No entanto os jogos vão aproximá-los.

Jess foi figurinha presente no relacionamento do casal, a autora mostrou uma aceitação de ambas as partes, ou melhor das três pontas.

Um amor em Londres não é um primor, mas ajuda a passar o tempo. 

Prepare-se apenas para um romance que não tem empecilho algum, e que desenrola sem qualquer atrito seja por ciúmes, seja por picuinha dos ex, seja pelo ambiente de trabalho.

E como o livro é curtinho, só posso lhes dizer isto. =)


  1. Um amor em Londres (Lovedon)
  2. Nas garras da pantera (Prowling Cougars)


Nota (0-5): 2


3 comentários:

  1. Ah, Dani... sinceramente parece um livro completamente dispensável...
    Uma pena né?? Pois só tendo Londres como pano de fundo já me deixa bem curiosa...
    Mas esse eu passo...kkk

    beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma espécie de conto sabe? Mas estou tão acostumada com um casal cheio de dificuldades que tanta facilidade foi tediosa. kkk
      E com tantos livros na sua fila, entendo bem não incluir um tão fraquinho.
      Obg

      Excluir
  2. Oi Dani!
    Pena não ter gostado, mas tem livro que não bate aquela coisa. Mais romance tem que ser envolvente para ser bom.O jeito é partir para outro livro rs!

    Beijos!!!
    :)

    ResponderExcluir