Um amor em Londres - Marion Crick


Kathy e Giles trabalhavam no mesmo escritório, no centro de Londres: sentiam-se muito atraídos um pelo outro, mas apesar da troca de olhares provocantes não sabiam como tomar a iniciativa para combinar um encontro. Foram os Jogos de Londres que lhes proporcionaram esta oportunidade. No entanto, não estariam logo a sós, pois Kathy levou a filha.

Um amor em Londres (Lovedon)
Autora: Marion Crick
Editora CCLP (2013)
78 páginas

Ah Londres... como não ter interesse ao ler tal palavra?

Daí se você como eu leu a sinopse (atitude que só tomei agora), vê que é um tanto blergh.

Infelizmente eu não posso dizer que nos enganamos e o livro é uma maravilha...

Marion Crick tem uma escrita rápida, uma narrativa que flui, mas o romance em si é muito sem graça.

Giles é um recém divorciado que ainda não deixou a fila andar, bem conservado em seus trinta e oito anos, ainda não criou coragem de avançar um nível com Kathy, sua funcionária.

Kathy por sua vez já passa dos quarenta, mas está com o corpo em dia, tem uma filha de sete anos e está sem companhia desde que se separou de Matt.

Kathy e Giles se gostam, ele teme dar um passo a diante, pois é chefe dela. No entanto os jogos vão aproximá-los.

Jess foi figurinha presente no relacionamento do casal, a autora mostrou uma aceitação de ambas as partes, ou melhor das três pontas.

Um amor em Londres não é um primor, mas ajuda a passar o tempo. 

Prepare-se apenas para um romance que não tem empecilho algum, e que desenrola sem qualquer atrito seja por ciúmes, seja por picuinha dos ex, seja pelo ambiente de trabalho.

E como o livro é curtinho, só posso lhes dizer isto. =)


  1. Um amor em Londres (Lovedon)
  2. Nas garras da pantera (Prowling Cougars)


Nota (0-5): 2


3 comentários:

Deixe seu comentário