Para Continuar - Felipe Colbert



Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso.
Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.
A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.
O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.




Fiquei muito curiosa para ler esse livro desde o início, afinal o autor já foi muito elogiado por Belleville... outro fator que me fez ficar ainda mais curiosa é que a história se passa em São Paulo, no bairro da Liberdade, um dos lugares mais lindos da cidade e que eu sou completamente apaixonada!!!

O livro conta a história do jovem Leonardo César, um estudante de design, da Faculdade de Belas Artes... o jovem é alegre e divertido, mas possui uma grave doença cardíaca que o impossibilita de ter uma vida normal...

Um dia, no metro, Leonardo vai se interessar por uma jovem oriental, e depois desse dia a jovem nunca mais sairá do seu pensamento... e será graças a esse encontro que Leonardo irá em busca de seu amor, ignorando seus problemas de saúde...

Ayako é uma jovem que mora na Liberdade em companhia do seu avô, e se tornou uma guardiã das lanternas... um segredo milenar e muito frágil pois essas lanternas representam o amor dos habitantes do bairro e caso algo aconteça com elas, a história de amor também será destruída.

Para complicar a vida de Leonardo, há o jovem Ho, um rapaz com problemas mentais que é apaixonado por Ayako e que tem relação com pessoas perigosas... desde o princípio fiquei com muita dó do personagem... que não entende bem a realidade e sofre quando vê Ayako se interessar por outra pessoa...

A história é muito leve e fluída, retrata uma história de amor entre pessoas muito diferentes, além de mostrar um belo cenário da cidade... impossível ler e não ter vontade de passear pelo bairro... com certeza o autor ganhou mais uma fã...

A diagramação da NC também está de parabéns... adorei a capa e suas cores...

Nota: 4,0. 


Photobucket

Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

5 comentários:

  1. Oie
    Eu já li outros livros do autor e gostei bastante.Sou fã de cultura japonesa e adorei o lugar que ele escolheu pra ambientar a história.Os personagens parecem ser meio complexos e espero que eles me cativem.E a capa está linda mesmo,muito boa essas cores.

    ResponderExcluir
  2. Ouvi falar tanto desse livro na bienal do rio! Eu achei a história bem interessante, adoraria lê-lo! Amei a resenha amore!
    lendocomela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu já ouvi falar desse livro e achei muito linda a capa e quero ler esse livro parece ser uma estória bonita. Já fui na liberdade quando fui visitar uma amiga minha em sp, achei muito legal.

    ResponderExcluir
  4. Oi Débora, eu tenho Belleville do autor, mas não o li ainda. Sempre leio falar muito bem do trabalho do autor, o que me deixa muito curiosa. Não é a primeira resenha positiva que leio deste livro, e estou gostando muito do que tenho lido. Espero ler também.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Débora!
    É minha leitura atual e estou gostando muito.
    Adoro a cultura oriental e tenho aprendido algumas coisas a mais.
    E o bom é que os capítulos são curtinhos e dá para ler rapidinho.
    “A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.”(Soren Kierkegaard)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir