As duas melhores distopias que já li! por Dani Souza



Recentemente li uma distopia que pensei ser interessante, porém foi uma decepção.

Então pensei... depois de ler estas duas que indicarei, será difícil encontrar tão boa quanto.

Vamos para a Número 01, a que me fez apaixonar e buscar outras distopias: Trilogia Estilhaça-me, Tahereh Mafi.




Numa América pós guerra, com personagens com poderes no estilo X-Men, Juliette e seu medo/impossibilidade de interagir me chamaram atenção. E com um bônus maravilhoso de "vilão" foi amor à primeira vista.

Juliette é uma adolescente atormentada por drenar a força vital de quem toca, sozinha, ela fica até feliz com seu confinamento, com o desenrolar dos eventos ela enfrenta seu medo de estar entre outras pessoas e descobre que talvez não seja a única que pode prejudicar quem entrar em contato com ela.

Saber que não está só, no entanto acaba desenvolvendo esperanças e força suficiente para ir contra a vontade do comandante em torná-la uma arma.

Tahereh Mafi explicou bem o que levou a mudança radical, bem como nos deixou curiosos sobre os motivos dos governantes, nesse quesito não houve ponta solta. 

Sei que li praticamente um livro após o outro e quase tive um infarto esperando lançar o terceiro que li em inglês mesmo. kkk



Meu segundo colocado é a distopia Reiniciados, Teri Terry, uma trilogia com tanto suspense e segredos quanto Estilhaça-me, porém sem os super poderes.



Kyla é uma reiniciada que acredita na versão do governo de que ela e todos que passaram pelo processo foram criminosos, mas a medida que ela tem lembranças ela passa a questionar a veracidade das informações e busca a verdade, por mais perigosa que seja essa decisão.

Uma mocinha que busca resoluções e entendimento é muito importante para onquistar o público, causa uma sensação de que estamos ali com ela.

O que Juliette e Kyla têm em comum é o desejo de que tudo melhore e não poupam forças para fazer o que é certo, mesmo quando tudo parece complicado, elas lutam, elas pensam, reagem, nos fazem torcer para que esse futuro distópico tenha um final feliz.

Seja com ou sem poderes essas duas conquistaram uma fã. E espero que vocês caso não tenham lido, deem uma chance para estas duas trilogias e voltem aqui para compartilhar suas opiniões.






Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

6 comentários:

Deixe seu comentário