O Despertar do Príncipe - Colleen Houck

Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Original: Reawakened
Série Deuses do Egito
384 páginas
Sinopse:

Quando a jovem de dezessete anos, Lilliana Young, entra no Museu Metropolitano de Arte certa manhã, durante as férias de primavera, a última coisa que esperava encontrar é um príncipe egípcio ao vivo com poderes divinos, que teria despertado após mil anos de mumificação.E ela realmente não poderia imaginar ser escolhida para ajudá-lo em uma jornada épica que irá levá-los por todo globo para encontrar seus irmãos e completar uma grande cerimônia que salvará a humanidade.Mas o destino tem tomado conta de Lily, e ela, juntamente com seu príncipe sol, Amon, deverá viajar para o Vale dos Reis, despertar seus irmãos e impedir um mal em forma de um deus chamado Seth, de dominar o mundo.




Sempre gostei da temática do Antigo Egito e acho que nunca tinha lido nada usando essa mitologia - pelo menos não recentemente, e O Despertar do Príncipe me fez ficar curiosa.

Lilliana é uma das melhores protagonistas que já vi em um livro como esse. Apesar de rica, ela não é mimada, apenas muito presa à vida perfeita que os pais imaginaram para ela, sempre estudiosa, sempre ambiciosa e sempre se relacionando com as pessoas que eles imaginando serem ideais.

Mas quando Amon desperta do mundo dos mortos e acaba conectado a ela, a vida perfeitinha de Lily vira uma bagunça. Ela passa a se permitir ser corajosa, aventureira, fazer o que realmente gosta e, por fim, ficar apaixonada. Mesmo que seja por um príncipe egípcio de mil anos.

Amon é o tipo de bom mocinho, que sempre pensa em todos antes de si, corajoso, forte, bonito e honrado. Pena que - pelo menos para mim- ele acabou não mostrando taanto de si e perdendo um pouco a graça. Queria ter visto uma evolução maior nos sentimentos do rapaz, mas acredito que isso só será possível nos próximos livros, até porque não deve ser fácil ser comprometido a lutar contra o deus malévolo Seth.

Falando nisso, Colleen Houck arrasou mostrando um pouco da riquíssima mitologia egípcia. Esse foi o diferencial desse livro, assim como a mitologia indiana era em A Maldição do Tigre. Além disso, ela descreve muita bem as incríveis aventuras de Amon e Lily no Vale dos Reis, no Egito. Acabei me sentindo naquele filme A Múmia, que simplesmente adoro.

Creio que é impossível não comparar com A Maldição do Tigre, principalmente devido aos irmãos de Amon, mas acho que - pelo menos por enquanto - a autora não vai seguir a mesma linha. Mas já quero saber mais desses personagens em outros livros.

No final das contas, O Despertar do Príncipe é um livro bom, tem uma escrita mais madura do que a série anterior da autora, tem uma protagonista realmente decente e vale a pena ser conferido. Não deu aquela saudaade quanto acabei de ler, mas acho que é um bom divertimento.

Série 
- O Despertar do Príncipe
- Recreated (ainda será publicado)

Avaliação (de 0 a 5): 4,0





Photobucket

Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

10 comentários:

Deixe seu comentário