O Despertar do Príncipe - Colleen Houck

Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Original: Reawakened
Série Deuses do Egito
384 páginas
Sinopse:

Quando a jovem de dezessete anos, Lilliana Young, entra no Museu Metropolitano de Arte certa manhã, durante as férias de primavera, a última coisa que esperava encontrar é um príncipe egípcio ao vivo com poderes divinos, que teria despertado após mil anos de mumificação.E ela realmente não poderia imaginar ser escolhida para ajudá-lo em uma jornada épica que irá levá-los por todo globo para encontrar seus irmãos e completar uma grande cerimônia que salvará a humanidade.Mas o destino tem tomado conta de Lily, e ela, juntamente com seu príncipe sol, Amon, deverá viajar para o Vale dos Reis, despertar seus irmãos e impedir um mal em forma de um deus chamado Seth, de dominar o mundo.




Sempre gostei da temática do Antigo Egito e acho que nunca tinha lido nada usando essa mitologia - pelo menos não recentemente, e O Despertar do Príncipe me fez ficar curiosa.

Lilliana é uma das melhores protagonistas que já vi em um livro como esse. Apesar de rica, ela não é mimada, apenas muito presa à vida perfeita que os pais imaginaram para ela, sempre estudiosa, sempre ambiciosa e sempre se relacionando com as pessoas que eles imaginando serem ideais.

Mas quando Amon desperta do mundo dos mortos e acaba conectado a ela, a vida perfeitinha de Lily vira uma bagunça. Ela passa a se permitir ser corajosa, aventureira, fazer o que realmente gosta e, por fim, ficar apaixonada. Mesmo que seja por um príncipe egípcio de mil anos.

Amon é o tipo de bom mocinho, que sempre pensa em todos antes de si, corajoso, forte, bonito e honrado. Pena que - pelo menos para mim- ele acabou não mostrando taanto de si e perdendo um pouco a graça. Queria ter visto uma evolução maior nos sentimentos do rapaz, mas acredito que isso só será possível nos próximos livros, até porque não deve ser fácil ser comprometido a lutar contra o deus malévolo Seth.

Falando nisso, Colleen Houck arrasou mostrando um pouco da riquíssima mitologia egípcia. Esse foi o diferencial desse livro, assim como a mitologia indiana era em A Maldição do Tigre. Além disso, ela descreve muita bem as incríveis aventuras de Amon e Lily no Vale dos Reis, no Egito. Acabei me sentindo naquele filme A Múmia, que simplesmente adoro.

Creio que é impossível não comparar com A Maldição do Tigre, principalmente devido aos irmãos de Amon, mas acho que - pelo menos por enquanto - a autora não vai seguir a mesma linha. Mas já quero saber mais desses personagens em outros livros.

No final das contas, O Despertar do Príncipe é um livro bom, tem uma escrita mais madura do que a série anterior da autora, tem uma protagonista realmente decente e vale a pena ser conferido. Não deu aquela saudaade quanto acabei de ler, mas acho que é um bom divertimento.

Série 
- O Despertar do Príncipe
- Recreated (ainda será publicado)

Avaliação (de 0 a 5): 4,0





Photobucket

Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

10 comentários:

  1. Nunca li nada dessa autora, gostei muito da sua resenha, porém não leria o livro, não faz parte do meu gênero literário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Paloma. Quando resolver se aventurar nesse gênero, dá uma conferida :)

      Excluir
  2. Essa capa é muito lindinha! A sinopse do livro não faz muito por ele, tudo soa muito clichê (com termos tipo "escolhido", "salvar a humanidade" e tal)...por isso fiquei contente em ver pela sua resenha que ele merece uma chance. A temático do Egito antigo é bacana mesmo, sou apaixonada pela série Ramsés (mas aí é romance histórico).

    Dica anotadíssima ;)

    Beijos,
    Léka
    www.lekatopia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Léka!

      No geral, é meio clichê mesmo só que com uma temática nova, acho que esse foi o diferencial. Já ouvi falar nessa série Ramsés, depois vou procurar sabe mais.

      Bjs!

      Excluir
  3. Olá, Mikaela. Assim como você, sempre gostei de temáticas egípcias, principalmente em época escolar. Outro aspecto muito agradável é a mitologia. Então, porque não unir esses dois fatores? O Despertar do Príncipe me encantou com seu tema abordado, a mitologia egípcia, sua estória parece bem fluída e leve para uma leitura de, no máximo, 2 dias. Quero muito este livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ycaro!

      É realmente uma leitura para ler em pouco, de forma bem despreocupada. Acho que o diferencial de O Despertar do Príncipe está na mitologia mesmo :)

      Excluir
  4. Apesar de ainda não ter lido nenhum livro dessa autora, após várias resenhas desse livro, fiquei completamente fascinada por esse livro, e pretendo ler ele logo. Achei a história muio bem escrita, e parece prender o leitor do começo ao fim do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana!

      Só tinha lido um livro dela antes deste. Vale a pena dar uma conferida :)

      Bjs!

      Excluir
  5. Apesar de ainda não ter lido nenhum livro dessa autora, após várias resenhas desse livro, fiquei completamente fascinada por esse livro, e pretendo ler ele logo. Achei a história muio bem escrita, e parece prender o leitor do começo ao fim do livro.

    ResponderExcluir
  6. Me interessei logo de cara por esse livro, esse é do daqueles que você sabe que vai ler porque é apaixonada pelo autor, e mesmo que alguém diga que o livro não presta você não consegue acreditar, prefere acreditar que o problema está no leitor que criticou negativamente, quando lançou coloquei logo me minha lista de desejos e infelizmente aina não pude comprar, fico feliz que você tenha gostado do livro, por mais que não tenha se apaixonado mais também não desgostou rsrs.. e para além da autora eu leria o livro por conta da historia , imagino exatamente isso me ver em um filme cheio de aventuras pelo Egito, também adoro A Múmia...
    Bjocas

    ResponderExcluir