[Sessão Pipoca] Maze Runner - Prova de Fogo

Maze Runner - Prova de Fogo
Direção: Wes Ball
Elenco: Dylan O´Brien, Kaya Scodelario, Giancarlo Esposito e Aidan Gillen.
Sinopse: Thomas (Dylan O’Brien) e seus companheiros Clareanos vão encarar seu maior desafio até agora: procurar por pistas sobre a misteriosa e poderosa organização conhecida como C.R.U.E.L. Sua jornada os leva até O Deserto, um cenário desolado repleto de obstáculos inimagináveis. Unindo-se com lutadores da resistência, os Clareanos desafiam as forças superiores da C.R.U.E.L. e descobrem seus terríveis planos para todos eles.












Contrariando a norma popular entre os leitores ávidos de que não ver o filme antes de ler o livro, fui assistir a sequência de Maze Runner antes mesmo de começar a ler o primeiro (que está, obviamente, na minha não tão pequena lista rs). Fiz para poder julgar o filme livre de quaisquer impressões que eu tivesse sobre o livro. 

Quando estudei adaptação para a minha monografia, percebi que é muito importante que um filme adaptado de um livro (ou de qualquer outro meio) consiga se sustentar sem que precisemos recorrer à obra para entender algumas passagens ou até mesmo para gostar da história. Neste caso, Maze Runner - Prova de Fogo é até bem-sucedido.


Muuita adrenalina, muita tensão, é o tipo de filme pra se ver no cinema. Thomas e seus amigos percebem que ainda não escaparam da C.R.U.E.L e fogem para o deserto em busca do povo da montanha, que supostamente poderá ajudá-los. E mais coisas assustadoras - que tornam o filme mais legal! - aparecem e eles nunca correm tanto como nesse filme. O labirinto virou fichinha perto dos desafios que eles enfrentam aqui.

Sem falar que os efeitos estão ótimos, né? A própria fotografia faz algumas cenas se tornarem muito interessantes também.


O filme ainda conta com atores consagrados de séries como Giancarlo Esposito, de Breaking Bad, e Aidan Gillen, de Game of Thrones, dando muito mais seriedade à história com suas atuações. Claro que a interação dos adolescentes não é o forte do filme, o que dá pra sentir quando você não se emociona tanto em algumas cenas e nem se decepciona tanto em outras. O forte do filme, para mim, é a ação e as reviravoltas da história.

Então, se você curtiu o primeiro, provavelmente vai gostar muuito do segundo. E se ainda não começou, dê uma chance pra essa série. Ela é um ótimo entretenimento, recomendo!

Curiosidade: Kaya Scodelario, além de ser uma fofa, fala português perfeitamente, sabia? Confira nessa entrevista que ela deu ao Papel Pop.

Avaliação (de 0 a 5): 5,0



Confira o trailer:








Photobucket


Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

5 comentários:

Deixe seu comentário