Descubra como se apaixonar por um canalha em "Entre o amor e a vingança" de Sarah Maclean

O que um canalha quer, um canalha consegue... Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.
Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança – o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles…
…até mesmo seu coração.

Nos romances de época é sabido que os melhores maridos são os canalhas reformados, se isso se aplica a vida real? Talvez sim, talvez não... mas em se tratando da autora Sarah Maclean, você com certeza não terá a menor dificuldade de se apaixonar por um...

Um canalha é sempre mais interessante que um nobre intocado, isso porque ele conhece muitos segredos e é capaz de te mostrar coisas que não seriam aceitas na "sociedade"...

O marquês de Bourne é um perfeito canalha... libertino, assustador, sem modos e sócio de um dos maiores antros de jogatina de Londres... ficou órfão muito cedo e aos 21 anos perdeu tudo o que possuía numa mesa de jogos... desde então, tudo o que sempre quis foi restituir seu patrimônio e vingança ao homem que o destruiu...

Dez anos se passaram e Bourne conseguiu não só recuperar sua riqueza, como a multiplicou, mas não conseguiu comprar as terras que um dia pertenceram aos seus antepassados, a oportunidade surge quando essas terras são perdidas em outro jogo de azar e o ganhador as associa ao dote de sua filha mais velha... a solteirona Penélope...

Penny e Bourne foram amigos de infância e secretamente as famílias esperavam que quando adultos eles viessem a se casar, mas as circunstâncias afastaram os dois e agora Bourne não é mais o mesmo, é um homem duro, capaz das piores coisas para ter sua vingança... tudo o que o move nos últimos dez anos é essa sede... e por ela ele é capaz de raptar uma antiga amiga, comprometê-la e tirar de suas mãos qualquer escolha, mesmo sabendo que a fará completamente infeliz...

Lady Penélope era a perfeita noiva inglesa, isso até ser abandonada pelo noivo, que não perdeu tempo e em menos de uma semana já estava casado com o amor de sua vida... depois disso ela se sentiu aliviada, sim, pois esse casamento ideal, era também um casamento sem amor... mas não pode deixar de sonhar que um dia também teria um esposo que a adorasse...

Os anos passaram e agora aos 28 anos a chance desse marido amoroso aparecer diminuía a cada dia, além de perceber, com muita dor, que sua reputação arruinada acabou refletindo nas irmãs.... duas, já casadas, aceitaram o primeiro pedido que tiveram de homens velhos e enfadonhos e as outras duas solteiras provavelmente iriam pelo mesmo caminho caso ela não se casasse com alguém respeitável logo.

Aos poucos Penélope começa a ver vislumbres do menino que conheceu no homem frio que Bourne se transformou e anseia cada dia mais por esses momentos... os dois juntos são encantadores e a autora foca bastante na história do casal e ainda deixa algumas cenas mais quentes para as leitoras, mas sem cair na mesmice de livros eróticos.

Esse é o segundo livro que leio da autora e já estou ansiosa para ler os demais dessa série, que pelo que entendi serão 4 livros, um para cada sócio do Anjo Caído, o clube onde Bourne é sócio.

Nota: 4,0. 

Photobucket

Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

12 comentários:

  1. Já li romance de época, mas não e meu gênero preferido, prefiro romance que acontecem na atualidade, acho que é pelo fato de que nunca consigo me envolver com a historia, e não gosto muito de historias hot, entretanto, a trama do livro a cima parece ser muito boa, e para quem gosta e uma boa indicação de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana, esse não é hot não... tem umas duas cenas mais quentes, mas é bem tranquilo...

      beijos,

      Excluir
  2. Eu comprei esse livro, mas ainda não o li. Eu adoro romance de época e quero muito lê-lo. Eu nem tinha lido a sinopse dele, tinha comprado pois sabia que era romance de época, mas a estória me agradou muito. E estou aguardando ansiosamente para lê-lo. Também quero comprar o segundo volume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, creio que vc vai adorar e ficar louca pelos próximos... eu pelo menos estou... kkkkk

      beijos,

      Excluir
  3. Eu fui pra o clube do livro aqui na minha cidade, e falaram muito bem desse livro, ainda não tive a oportunidade de ler, mas se houver a possibilidade irei ler sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma,

      Leia sim... eu gosto bastante de como a autora escreve... tem um quê de humor junto com romance que sempre me conquista...

      beijos,

      Excluir
  4. Como adoro um bom romance de época, esse livro esta em minha lista de leituras, vi muitos comentários positivos referentes a história do livro, parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele,

      Você com certeza é das minhas...kkk
      Acho que vai gostar...

      beijos,

      Excluir
  5. Olá!!
    Não conhecia a serie, e também é meu primeiro contato com obras da autora, e gostei bastante, gosto de romances de época e apesar de serem quase sempre o mesmo do mesmo eu não em canso de lê-los e esse ja foi pra minha lista de desejos espero ler toda a serie se não se estender muito, mais se ficar em 4 mesmo ta tranquilo.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose vão ser 4 livros mesmo... um pra cada sócio do cassino O Anjo Caído... todos são nobres que por algum motivo acabaram as margens da sociedade elegante...
      Eu também não me canso desses livros...kkkk

      beijos,

      Excluir
  6. Débora!
    Adoro os romances de época e a cada nova resenha que leio dessa série, fico com mais vontade de ler, sem contar que essa capa vermelha é belíssima!
    “Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação.” (Charles Chaplin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, corre pra ler então, mulher!!! O livro é ótimo... já quero ler todos os livros da autora...

      beijos,

      Excluir