Sessão Pipoca - Divertida Mente


Há muito tempo, a Pixar não fazia um filme original a altura de seus grandes sucessos que pudesse envolver a seus espectadores. Pois é, esse período acabou. Em Divertida Mente, a história gira em torno da mente de uma criança, Riley, tendo como personagens principais os sentimentos responsáveis pelas suas ações: Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojinho. Cada emoção é apresentada com características diferentes (cor e temperamentos) para facilitar a compreensão do público. Quando a família de Riley se muda, o foco principal passa para a Tristeza e Alegria que são os sentimentos mais antagônicos da jovem, que terão de trabalhar juntas depois de uma confusão em que elas caem no subconsciente da Riley.

Chega a ser sensacional como um acerto na combinação de design (Pete Docter, Meg LeFauve and Josh Cooley) e roteiro (Pete Docter and Ronnie del Carmen) tornam os conceitos do filme tão bem elaborados e materializados. A explicação sobre como a mente de uma pessoa funciona, é tão bem adaptada que chega a fazer todo o sentido. Tanto que em pouco tempo de filme, o espectador se familiariza com tudo que se passa. A história chega a ser brilhante, já que usa dos seus poucos conceitos e explica grande parte do funcionamento do cérebro da Riley, desde sentimentos a amigos imaginários, sonhos, desejos a até mesmo esquecimentos.


O grande diferencial de Divertida Mente é que não há vilões. Há momentos é que você se levar a pensar que um determinado sentimento pode ser esse tipo de personagem frequente em animações, mas a direção que a narrativa leva te faz pensar de um modo diferente. Divertida Mente é uma animação para família, muita divertida e repleta de piadas inteligentes que são voltadas tanto para o público mais jovem quanto para o mais velho. Mas nem tudo são flores, a trilha sonora é um pouco esquecível, o que dificilmente acontece com filmes da Pixar.

Dirigido por Peter Docter (Monstros S.A. e UP), Divertida Mente é ousado e pensado em cada detalhe, um filme que te faz assistir com gosto. Uma animação curiosa, com muito simbolismo, nostálgica, familiar e com uma mensagem relevante. Simplesmente incrível.

Veja também a opinião da Mikaela sobre esse filme clicando aqui!


Nota 4,5





Photobucket

Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

16 comentários:

Deixe seu comentário