Saiba o que esperar de A Menina da Neve - Eowyn Ivey



Alasca, 1920: um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando cada vez mais um do outro. Em um dos raros momentos juntos, durante a primeira nevasca da temporada, eles constroem uma criança feita de neve. Na manhã seguinte, a criança de neve some. Dias depois, eles avistam uma criança loira correndo por entre as árvores. Uma menina que parece não ser de verdade, acompanhada de uma raposa vermelha e que, de alguma formam consegue sobreviver sozinha no frio e rigoroso inverno do Alasca. Enquanto Jack e Mabel se esforçam para entender esta criança que parece saída das páginas de um conto de fadas, eles começam a amá-la como se fosse sua própria filha. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam, e o que eles aprenderão sobre essa misteriosa menina irá transformar a vida de todos.



A Menina da Neve foi um livro que me trouxe uma sensação agridoce... não é uma história cheia de ação ou muito dramática, nem cheia de romances ou coisas sobrenaturais... mas me trouxe uma sensação boa, mesmo que ao longo do livro eu tenha acompanhado mais lutas do que alegrias dos personagens...

O livro é focado na vida de um casal de certa idade que vive isolado em uma cabana do Alasca e eu achei fascinante as descrições dos lugares, das dificuldades, do cotidiano... Mabel e Jack não tem filhos e isso é motivo de frustração para ela... justamente por não aguentar conviver com os filhos e netos dos seus familiares, eles se mudam para o inóspito Alasca...

Fiquei com tanta vontade de conhecer os locais citados e a força humana necessária para sobreviver naquele local... claro que o livro começa em 1920, logo os personagens não contam com quase nenhuma tecnologia.

Numa nevasca, eles constroem um boneco de neve e logo depois uma menina aparece, uma menina estranha, excêntrica, que faz o casal se perguntar se eles a criaram, se ela é mesmo real ou fruto do seu maior desejo: o de ter filhos.

Faina no começo é um bichinho do mato, mas ao longo do livro vamos nos apegando a menina, assim como ao casal... que parece ter perdido a vontade de viver antes dela aparecer em sua vida... e sentimos isso claramente no livro, tanto que as primeiras páginas são difíceis de ler...

É um livro muito bonito, acompanhamos a vida do personagens por vários anos e no final é difícil se despedir... Sem dúvidas, recomendo a leitura.


Avaliação (de 0 a 5): 5,0


Photobucket
Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

3 comentários:

  1. Eu já tinha visto o livro pelo nome, mas ainda não tinha lido sinopse e nem resenhas, e gostei bastante do livro, fiquei curisosa pra conhecer a menina e o casal da história! E sou louca pelo marcador lindo desse livro!

    ResponderExcluir
  2. Débora!
    Li esse livro e simplesmente fiquei encantada pelas personagens e todo enredo.
    É um livro até certo tempo triste, porém vale muito a pena.
    “Olho por olho, e o mundo acabará cego.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  3. Oiii...
    louca pra ler esse livro...gente parece um pouco de misterio nao sei.....sera que o que eles tanto queriam pode se tornar realidade????gente muito legal...e espero que acabe tudo bem com eles...obg pela dica...bjss..

    ResponderExcluir