A desconhecida, Peter Swanson

Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece.de mentiras.
Em uma noite de sexta-feira, a rotina confortável e previsível de George Foss é quebrada quando, em um bar, uma bela mulher senta-se ao seu lado. A mesma mulher que desaparecera sem deixar vestígios vinte anos atrás. Agora, depois de tanto tempo, ela diz precisar de ajuda e George parece ser o único capaz de salvá-la. Será que ele a conhece o suficiente para poder ajudá-la?








A desconhecida (The Girl with a Clock for a Heart)
Peter Swanson
Editora Novo Conceito (2015)
288 páginas


Um livro do qual não dei atenção e acabei tendo uma grata surpresa.

Desde o prólogo fui pega pela curiosidade... o autor soube chamar atenção e me deixar ávida pelo desenrolar de sua história.

A desconhecida é referente a ex namorada de nosso protagonista: George.

Tem uma vida pacata, trabalha, vai ao bar, tem um relacionamento sem rédeas, é gentil e numa dessas bem....

Vinte anos depois e George ainda espera passar por uma mulher e reconhecer em seu rosto Liana, sua namorada da faculdade.
Cuidado com o que você deseja.

Eis que numa sexta à noite ele enfim vê Liana,ou Jane como é conhecida agora.

E se com esta informação já fiquei com um pé atrás, não foi um choque muito grande quando o passado foi descortinado.   

Quem é Liana? Por que sumiu? O que a trouxe de volta?

George realmente a conheceu?

O grande erro dele é ajudá-la e sim, é a partir deste momento que a trama pega fogo.

George embarca numa confusão sem ter ideia do tamanho e faz o que mais gosto em livros do tipo: banca o detetive. 

Os personagens são bem convincentes. O mocinho que precisa de um ponto final e sem ele fica remoendo o passado,revendo o que teve e imaginando o que poderia ter sido. A garota misteriosa que some sem deixar rastros e volta com uma missão suspeita, uma lábia enorme e um grande plano. Aquela personagem secundária que você acha legal, teme por ela e torce por ela,que parece sem importância,mas tem sua utilidade.

Peter Swanson alterna momentos presentes enquanto nos atualiza sobre o que houve há vinte anos atrás, bem como preenche as lacunas de tempo quanto A Desconhecida. 

Prepare-se para ler e ter várias surpresas, alguns sustos e com certeza os momentos eu sabia. Mas o final... bem, não é algo óbvio nem monótono.


Nota (0-5):3,5





Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

2 comentários:

  1. Uma história sombria, em uma atmosfera romântica! Ja quero pra agora!
    Fiquei curiosa com o livro e vou ler sim!
    Amei a resenha!
    *-*

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito, muito ler essa livro, o nome e a capa me chamaram muito a atenção.
    Adorei sua resenha, eu fiquei aqui morrendo de curiosidade para saber o que acontece, e porque do retorno dela também.
    Adoro livros que o cara ou a guria bancam o detetive também kk, eu fico ali, louca para saber o que vai acontecer e tals.
    Outras coisa que gostei, foi você ter citado que o final não é algo óbvio, adoro isso. Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir