A 5° Onda - Rick Yancey

Autor: Rick Yancey
Editora: Fundamento
Original: The 5th Wave
368 páginas

Sinopse:


Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora A QUINTA ONDA está começando... Cassie está sozinha, fugindo dos Outros. Ela vive em uma Terra devastada, onde qualquer pessoa, até mesmo uma criança, pode ser o inimigo. Um inimigo que parece humano, que espreita em todos os lugares, pronto para aniquilar os últimos sobreviventes. Permanecer sozinha é permanecer viva - Cassie acredita nisso até encontrar Evan Walker. Mas será que ela pode confiar nele? Será que ele pode ajudá-la a resgatar o irmão? Chegou o momento em que Cassie deve escolher entre a esperança ou o desespero, entre enfrentar os Outros ou se render ao seu destino, entre a vida ou a morte. Entre desistir ou lutar!



Saí do cinema depois de assistir A 5° Onda com vontade de ler o livro logo. Mas isso foi porque eu gostei do filme? Não necessariamente. É que - assim como em Dezesseis Luas - eu tive a impressão de estar assistindo um livro filmado e não um filme com linguagem própria. Ué, mas como assim?

Muitos roteiristas - acredito que na vontade de agradar os fãs dos livros - optam por transcrever quase tudo do livro para o filme, sem se importar se estão criando um material cinematográfico digno. E foi isso que vi. Tramas que ficariam bem interessantes em um livro, mas que acabam meio bobas quando transformadas em filme.

E foi assim que fui ler o livro. Realmente o filme é muuuito parecido, mudando poucas coisas essenciais para encurtar a história. Se você gostou do filme, vai gostar do livro. Se achou a história meio maluquinha, não vai gostar.

E eu gostei do livro. Não foi aquela leitura sensacionaaal, mas deu para prender um bocado e provavelmente teria gostado mais se não tivesse visto o filme. Mas gostei muito da Cassie (mais até do que a do filme, embora eu goste da Chloe Moretz) e achei que - mesmo com o drama romântico que surgiu - ela se manteve bem badass até o final. E Esp também, que é incrível. 

A história se divide entre Cassie tentando sobreviver num mundo após a invasão alienígena e Ben Parish - seu crush do colégio - tornando-se o soldado chamado Zumbi. No começo achei a parte dele meio monótona, mas quando Cassie encontra Evan, as cenas da base militar acabam compensando em adrenalina as cenas em que a protagonista fica parada.

E isso o livro sempre tem. Ação, adrenalina, aventura. E isso retratando uma sociedade que usa crianças para o combate militar ( e até morrendo com isso), algo que foi bem mais atenuado no filme. Só acho que o personagem do Evan foi do 8 ao 80 muito rápido e não pudemos ver esse amadurecimento acontecer.

E realmente achei todo o final um tanto apressado e meio sem sentido. O começo foi muito bom, o meio é boring e o final dá aquela recuperada, mas nada como o início da história. 
Acho que o livro teria até mais a ganhar se as cenas de Cassie acontecessem mais na fuga dos Outros, porque seria mais plausível do que as situações posteriores (lembrando que mesmo uma obra de ficção tem que ter verossimilhança).

Mas gostei do livro. Acho que é uma leitura de muito entretenimento.

Veja a resenha que Andrei fez do filme A Quinta Onda.

Coleção:

- A 5° Onda
- O Mar Infinito

Avaliação (de 0 a 5): 3,5





Photobucket
Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

12 comentários:

  1. Parece que foi mesmo uma boa ideia eu esperar para ler o livro primeiro...
    O filme, por ser quase idêntico ao livro iria me revelar praticamente tudo o que acontece durante a história e, por isso, acredito que a leitura acabaria se tornando maçante. Então irei aguardar mais um pouco (quando eu estiver com ânimo para esse tipo de história. kkk), para que assim possa ler o livro antes de assistir.
    E obrigada pela resenha! Além de estar linda, me ajudou com uma possível decepção futura, por estar com expectativas altas demais em relação ao livro. Agora já sei que a história não é tudo aquilo que parece, irei com menos "sede ao pote".kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa ideia mesmo, Amanda rs. Eu acho que isso afetou muito meu processo de leitura, porque o filme é muito igual ao livro mesmo.
      Que bom que você gostou. Mas acho que o livro não chega a ser uma decepção, acho só que a história tinha potencial pra muito mais.

      Bjs!

      Excluir
  2. Oie, tudo bem?
    Quero muito ler o livro antes de assistir (apesar de ter desanimado um pouco com os comentários do filme, ainda acho que o livro vai valer a pena).
    Gostei muito da sua resenha, acho que é a primeira vez que vejo alguém falando que o filme seguiu o livro, achei isso bem legal.
    Outra coisa que você citou na resenha, é que o personagem do Evan foi dos 8 ao 80, sem ter o amadurecimento, e isso perde muitos pontos comigo, porque uma coisa que amo em livro é acompanhar o amadurecimento do personagem, acho que ir muito rápido vai me deixar um pouco confusa.
    Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!

      Pois é, teve gente que detestou o filme. Eu não detestei, mas achei que a história combina muito mais com um livro. Realmente eu esperava que o Evan fosse melhor desenvolvido no livro, mas, tipo, não mostra a transição dele, sabe? E achei isso uma falha.

      Bjs!

      Excluir
  3. Oi Mika, td bem?
    Nossa ouvi tantos comentários ruins do livro que nem tenho vontade de lê-lo, mas quem sabeum dia?
    bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mich!
      O livro não é ruim, nao, é apenas um pouco abaixo do que promete no começo, pelo menos pra mim rs
      Quando ler, comenta por aqui, tá? ;)

      Bjs!

      Excluir
  4. Eu assisti o filme no cinema e adorei mas não me interessei muito em ler a história, talvez eu faça quando tiver mais tempo mas não é uma prioridade :/
    Adorei a resenha e é muito verdade isso que você disse sobre os filmes com linguagem própria :))
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Betânia, realmente o livro já é bem parecido. Se você já viu o filme, não há muito o que acrescentar no livro...
      Realmente é fundamental que as adaptações tenham linguagem própria :)

      Bjs!

      Excluir
  5. Tenho visto muitas resenhas e comentarios sobre a quinta onda, nunca havia me chamado a atenção mas hoje eu gostei muito da resenha. Fiquei muito curiosa em relação ao livro e o filme, é claro que vou ler o livro primeiro mas também quero ver o filme. excelente resenha, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Danielle!

      É uma boa ideia: leia o livro e depois veja o filme, para não estragar nenhuma surpresa rs

      Bjs!

      Excluir
  6. Sempre quando sai uma adaptação do livro eu gosto de ler primeiro e depois ver o filme para poder ver se ficou igual kk.Não curto muito alienígenas mas confesso que a história é bem interessante,vou dar uma chance a esse livro kk bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa ideia, Jennifer! Depois conta o que achou ;)

      Bjs!

      Excluir