As cinco melhores protagonistas dos livros

Nem sempre a gente encontra mocinhas legais nos livros, né? Isso sempre me deu tanta raiva... Já perdi as contas de quantas vezes as mulheres foram retratadas como flores frágeis, desmioladas ou dependentes da presença masculina. Mas depois lembrei que há muitas mocinhas INCRÍVEIS que às vezes nem lembramos! Olha só a lista que eu elaborei (e foi difícil escolher apenas cinco, viu?)


Elizabeth Bennet (de Orgulho e Preconceito, de Jane Austen)



É claro que ela entraria nesta lista!!!!!!! #diva #rainha

O que diferencia Lizzie de tantas mocinhas com atitude? Ela foi escrita no século XVIII, quando o casamento ainda era uma das únicas formas de sobrevivência das mulheres. Lizzie era à frente até mesmo da época de sua autora. Uma moça inteligente, sarcástica e que despreza o casamento por conveniência, ela não se importava em ficar solteirona, o que era um símbolo de fracasso na época. Mesmo que o livro seja sobre o seu romance com o Sr. Darcy, as opiniões e reflexões de Lizzie sobre a sociedade são o que tornam a obra tão deliciosa e imortalizada na literatura.




Jane Eyre (de Jane Eyre, de Charlotte Brontë)


Mia Wasikowska como Jane Eyre.

Eu já cheguei a ter raivinha da Jane, mas hoje entendo o lado dela.


Criada em um orfanato frio e austero, a jovem Jane Eyre cresceu quase sem amor, mas é muito segura de si. Apesar de menosprezar a própria aparência e status social, ela não tem medo de seguir o que acredita (mesmo que isso custe sua própria felicidade) e acaba encontrando o amor no seu patrão, o misterioso Sr. Rochester. Não vou soltar spoiler, mas uma das cenas mais dramáticas da história exige de Jane uma coragem incrível (mesmo que seja para seguir o costume da época, que, para ela, era essencial), ainda que todo mundo diga "nãaao" quando lê (eu mesma cheguei a deixar o livro de lado).



Claire Beauchamp (de Outlander, de Diana Gabaldon)

Caitriona Balfe como Claire na série.
Pelo amor de Deus, que mulher corajosa. Só de ler as cenas dela, eu fico de pernas bambas.


Imagina só, Claire é uma enfermeira que serviu na Segunda Guerra Mundial que vai parar na Escócia de 200 anos atrás no meio de guerreiros corajosos, mas grosseiros, em uma época em que só o casamento poderia manter uma mulher a salvo dos desrespeito e da violência dos homens. 

É assim que ela conhece Jamie Fraser, um dos mocinhos mais corajosos de todos os tempos. Gente, mas é tanto sofrimento e tanta bravura. Claire enfrenta todo tipo de gente (até mesmo ursos e um padre da Inquisição) para ser feliz em um época de guerras e incertezas. E com uma praticidade impressionante. Ela é uma heroína em todos os sentidos, mas sem jamais perder a complexidade de sua personagem.





Suzannah Simon (de A Mediadora, de Meg Cabot)

Primeira capa do livro no Brasil


Quebrar a cara de alguém é com ela mesma!

Numa lista cheia de mulheres complexas, Suzannah acaba aparecendo porque foi uma das primeiras girl power que eu já vi num livro. Capaz de ver (e até brigar) com fantasmas, ela os ajuda a encontrar o seu caminho ao mesmo tempo em que precisa lidar com o Ensino Médio e com sua paixão por Jesse, o fantasma lindo e gentil que mora no seu quarto. Os livros teen podem ter protagonistas muito irritantes e Suzannah é um alívio. Ela tem a força e autoconfiança que uma adolescente e sempre considerei um exemplo a ser seguido (a não ser pelas confusões em que ela se mete rs).







Ana Terra (de Ana Terra, de O Tempo e o Vento, de Érico Veríssimo)

Gloria Pires na minissérie dos anos 80.


Essa é a representante brasileira desta lista. E chega chegando.

E sua força possivelmente é uma das maiores que já vi em todos os personagens da literatura. O que Ana Terra sofre (desde sua vida solitária no campo com a família, ao seu romance com Pedro Missioneiro e o trágico final) até conseguir ser a matriarca da família Terra (importantíssima para a trilogia O Tempo e o Vento) é de chorar! Mas no meio da mais devastadora tristeza, essa mulher consegue se reerguer e ainda acreditar na vida. Tão literária e tão real, Ana Terra representa as mulheres oprimidas por uma sociedade cruel e machista, que hoje ainda existe. Com uma história que reúne lágrimas, misticismo e esperança, Ana Terra merece o seu lugar na lista dos personagens (independente do gênero) mais memoráveis da literatura.


Menções honrosas: Katniss Everdeen, Hermione Granger, Alina Starkov, Jo March, Lucy Pevensie, Margaret Hale.



E você? Como seria a sua lista?



Photobucket
Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

10 comentários:

  1. Oi, Mikaela!
    OMG, eu não li nenhum desses livros, estou até com vergonha porque são clássicos da literatura.
    Conheço a Elizabeth Bennet, assisti o filme e ela é realmente enigmática, e o que mais chama a atenção e justamente a maneira de ela pensar e agir.
    Ana Terra, eu vi a minissérie e ela é o retrato da mulher forte, que sofre muito, mas nunca desiste.
    Estou aqui pensando quais as protagonistas que eu colocaria se fizesse um post assim e só consigo pensar na personagem Celaena da série Trono de Vidro.
    Beijão!
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liziane!

      Eu nunca li O Trono de Vidro, mas a Celaena parece ser uma protagonista bem forte. Se eu fosse indicar um desses livros pra começar, eu indicaria Orgulho e Preconceito, é muito lindo!

      Bjs!

      Excluir
  2. Oi, Mikaela!
    Adorei sua seleção.
    Realmente Lizzie Bennet é muito antes do tempo da própria autora.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, obrigada!

      Adoro a Lizzie Bennet, difícil não gostar mesmo dela!

      Bjs!

      Excluir
  3. Ana Terra e Elizabeth Bennet ♥♥ melhores haha *--*

    ResponderExcluir
  4. As melhored: Elizabeth Bennet (de Orgulho e Preconceito ) e Suzannah <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mich! Não tem como não gostar delas rs

      Bjs!

      Excluir
  5. Oi Mikaela, tudo bem?
    Acredita que nunca li nenhum dos livros que citou? :/
    Quero muito ler Orgulho e Preconceito este ano, e A Terra das Sombras (que me pareceu bem interessante). Gostei muito do seu post, mostrando como tem sim, mulheres determinadas e sem mimimi em livros, como a Katniss, e a Hermione ♥ Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Eu queria que a lista fosse maior, justamente pra falar da Katniss e da Hermione rs. Eu só posso indicar que leia, sim, esses dois livros. São fofos e você nem vê o tempo passar ^_^

      Bjs!

      Excluir