Crítica - Spotlight


Um dos favoritos, senão "O Favorito" na corrida ao Oscar, o filme narra a história de Spotlight: uma equipe de jornalismo investigativo do Boston Globe que é designada pelo seu novo chefe para averiguar um caso de pedofilia dentro da Igreja Católica em Boston. Mas aos poucos eles vão descobrindo que a situação tem uma amplitude muito maior do que imaginavam, já que os casos de abusos infantil estão sendo acobertados. Baseado em fatos reais, Spotlight trata-se de um dos temas mais sérios e sensíveis que existem no mundo.

Na direção de Tom McCarthy, o filme segue um ritmo diferenciado e muito equilibrado, aqui todas as descobertas dos jornalistas causam impacto e são eletrizantes. Com um enrendo bem interligado acompanhamos o trabalho dentro e fora do escritório do Boston Globe, e sentimos na pele como o jornalismo é feito, além do senso de urgência da investigação que é constante e muito bem trabalhado durante toda a trama que é muito absorvente.


Apesar de ter um elenco numeroso (Mark Ruffalo, Michael Keaton, Rachel McAdams, Liev Schreiber, John Slattery, Brian d'Arcy James e Stanley Tucci); o ponto forte do filme está aqui. Cada ator tem seu espaço para brilhar e mostrar a identidade do personagem, mas a magia acontece quando todos atuam juntos. Vale destacar as atuações de Rachel McAdams e Mark Ruffalo, o último interpreta o personagem mais energético da película e acaba sendo a principal ligação entre o filme e o espectador, já Rachel atua em um papel sabendo dosar de forma excelente: compromisso profissional e sensibilidade.

Spotlight é um filme tenso no bom sentido, mas com um drama eficiente e digno de elogios. Com uma ótima direção, uma bela edição e  um elenco que nos entrega excelentes atuações; apesar de não ser um filme pipoca, Spotlight deve ser assistido por todos.

Nota (0 a 5): 5,0



Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

5 comentários:

  1. Estou num plano de assistir os filmes indicados ao Oscar, espero que consiga fazer isso antes da cerimônia.

    lerparaesclarecer.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom correr, rsrs. São 52 indicados em todas as categorias.

      Excluir
  2. Só vai filme top parao Oscar nem sei pra qual torcer rs!
    Não assisti esse filme Ainda, mas vou porque sei que é nota 10!
    Bjus *-*

    ResponderExcluir
  3. Nossa como eu não sabia desse filme? /desatualizada.
    Gostei muito da sua crítica, vou tentar assistir o quanto antes.
    Pelo assunto que aborda parece ser bem tenso mesmo, mas bem interessante.
    Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir