[Sessão Pipoca] Série Divergente: Convergente

Série Divergente: Convergente
Diretor: Robert Schwentke
Ano: 2016
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Ansel Elgort, Miles Teller, Jeff Daniels, Naomi Watts e Octavia Spencer.

Sinopse: Tris (Shailene Woodley), Quatro (Theo James) e seus amigos estão prestes a pular a cerca que divide o mundo no qual até hoje viveram e um novo mundo até então por eles desconhecido, após terem descoberto que a distópica e destruída cidade de Chicago não é o último refúgio para a raça humana, mas foi usada como um experimento para Divergentes em desenvolvimento, tais como a nossa heroína. O que ela poderá fazer para salvar o resto do mundo é um mistério, mas ela vai aprender muito mais sobre isso com David (Jeff Daniels), o misterioso diretor do Departamento de Auxílio Genético.




Eu fico lembrando do tanto que eu gostei do primeiro livro (e único que li, admito) da série Divergente e a minha expectativa para o primeiro filme. Não foi lá um Jogos Vorazes, mas foi bom. Mas à medida que os filmes passam, a qualidade parece cair. Sei que o filme mudou muitas coisas do livro, então, como não li, vou apenas comentar da versão cinematográfica.




Eu acho que é o mais fraco da franquia até agora, mas se você gostar da história, não é uma perda de tempo. Dá pra se divertir em alguns momentos, sim. Especialmente pela química entre Shailene Woodley e Theo James, que eu sempre achei boa, embora a atriz esteja meio apagada nesse filme. Mas, em compensação, as fãs de Theo vão amar o destaque que ele teve.

Fonte: Bustle


Enfim, Tris acaba descobrindo que existe toda uma civilização avançada do outro lado do muro que separa as pessoas entre DNA Puro e Impuro. E isso pode influenciar na guerra entre as líderes remanescentes em Chicago.



Não dá pra entender como a Tris foi de badass dos filmes anteriores para bobona nesse. Tá certo que ela é só uma adolescente, mas mal se vê a rebeldia divergente nela na maior parte. A única pessoa que realmente evoluiu foi o Caleb, o restante continuou na mesma. Quatro protagoniza grande parte do filme e é o mais esperto de todos ali, o que dá certo alívio porque finalmente alguém questiona as coisas.

Dá pra se entreter com as cenas de ação, claro, mas elas não são tão legais como nos filmes anteriores. Sem contar que os efeitos não são bons. Mas o começo é bem legal e o final retoma um pouquinho da ação prometida.

O filme tem atores famosos, mas Jeff Daniels, por exemplo, está apagadíssimo. Já Naomi Watts e Octavia Spencer realmente se esforçam e entregam cenas bem legais.

Então, quem não gostou dos filmes anteriores não vá assistir esse. Mas se você gosta da franquia, ainda vale assistir. E lembrando que esse é a Parte 1 e o próximo, Ascendente, vai estrear em 2017.

Veja o trailer:




Avaliação (de 0 a 5): 3,0



Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

3 comentários:

  1. Eu gostei mais do segundo filme do que do primeiro. Não tenho altas expectativas com relação a esse, mas espero gostar. Fora que como não li os livros, não tem como eu fazer uma comparação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Assisti a esse filme e com certeza mudaram muito em relação ao livro o que me deu esperanças de que também possam mudar o ultimo filme, mas nesse podemos ver mais do quatro e uma coisa que me incomodou e que eles mudaram as atitudes da Tris e do Quatro nesse filme o que para mim acabou, fazendo a Tris regredir no seu crescimento ao longo da serie !!

    ResponderExcluir
  3. Parece que esse filme não cumpriu o livro, e nem teve uma ótima produção.. Mas continuo amando a série de livros

    ResponderExcluir