Não Fale Com Estranhos - Harlan Coben @editoraarqueiro

O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira? Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.
Não Fale Com Estranhos
Autor: Harlan Coben
Editora Arqueiro
Páginas: 304

Classificação: 5

 Leitores, acreditem, não é à toa que esse livro está entre os mais vendidos. Com uma capa que deixa um ar de intriga, Não Fale Com Estranhos é um livro que passa bastante suspense com cenas que prendem o leitor.  

O livro começa bem, da forma que eu mais gosto: explicando o objetivo do enredo, o que está se passando com o personagem. Nada de enrolação. Então, somos apresentados ao Adam Price que subitamente é abordado por um homem estranho que lhe traz uma mensagem, um segredo na realidade.


O segredo é sobre sua esposa e mãe de seus dois filhos Corine. A revelação do estranho é tão dura e direta que quase no mesmo instante Adam percebe que seu casamento é um poço de ilusão... tudo é uma farsa.

Adam muito perturbado com a noticia, resolve confrontar Corine, entretanto até então a esposa dedicada não tem palavras para rebater o marido, apenas deixa claro que há muito o que explicar. Então, marcam um jantar para esclarecer e Corine não aparece.

É nesse momento que Adam Price começa a fazer sua própria investigação e começa e desenterrar mais e mais segredos. 


Meio complicado fazer essa resenha sem contar spoilers, mas é só até aqui que posso contar sem estragar a leitura de vocês, um fato vai sendo ligado ao outro portanto qualquer detalhezinho é crucial na história.

O autor também conta diversas histórias em paralelos de estranhos passando informações, no começo parece meio confuso, porém quando elas começam a se unir o livro começa a ferver e a leitura vai ficando cada vez mais impossível de parar.

Galera, o final é de arrepiar como na maioria dos livros do Coben. Não é novidade falar isso sobre os livros dele, mas eu ainda me surpreendo com tanta criatividade nesses finais. O cara é um gênio! 



2 comentários:

Deixe seu comentário