Namorado de Aluguel - Kasie West

Sinopse: Inteligente e maravilhosamente romântico, “Namorado de Aluguel” retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma. Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento.
Título: Namorado de Aluguel.
Editora: Verus.
Ano: 2016.
Páginas: 252.

Classificação:


Tem coisa melhor do que ler um livro sem nenhuma expectativa e ser surpreendida(o)?
Peguei Namorado de Aluguel para ler e em menos de duas horas havia finalizado o livro, querendo muito mais páginas kk.

Tudo acontece quando o namorado de Gia termina com ela momentos antes de entrar no baile de formatura, sim no estacionamento, poxa ele não podia ter esperado um pouco mais?
Gia quer provar para suas amigas que não está mentindo, ela namora com Bradley a dois meses, mas como moram umas horas de distância quando se encontram gostam de ficar na companhia um do outro, e não sair com os amigos; Mas nisso, uma de suas 'amigas' acha que ela está mentindo, e não tem namorado nenhum, e Gia acha que as suas outras suas amigas também duvidam da existência de Bradley, e num mundo onde você precisa ser aprovado para se sentir bem, Gia vê isso como uma ameaça, e vê um cara no estacionamento lendo dentro do carro (gostei dele assim que Gia falou que ele estava lendo háhá), chama ele para ser o dublê de Bradley por o máximo três horas.
Ele aceita, por incrível que pareça, e faz seu papel muito bem, é um fofo com Gia, mas no final da festa ele vai embora, e Gia não sabe nem seu verdadeiro nome, e em vez de pensar em Bradley, ela não tira o 'dublê de Bradley' da cabeça.

"Levanta a cabeça. Tem outros peixes no mar. O oceano é imenso. Às vezes a gente precisa pescar e devolver alguns antes de achar aquele que vale a pena manter. Contiue nadando. Só isso."

Gente, que livro lindo, eu comecei achando que ia ser clichê, ou algo do tipo, mas a história foi me levando e me encantando cada vez mais. Gia é a garota mais popular, e tem uma vida que todos iriam achar perfeita, seus pais são 'legais', seu irmão está na faculdade em outra cidade, tem uma melhor amiga a anos, e fazem planos de morar juntas na faculdade, e como a própria protagonista fala, ela não passou por nenhuma provação, nunca perdeu ninguém, nunca sofreu nenhum acidente, é uma pessoa normal, no seu ponto de vista,
Mas Gia vai entrando em uma mar de mentiras, que no final vai ajudar e se conhecer melhor, isso foi a melhor parte do livro, ver a protagonista amadurecer, passar por situações complicadas, e sentir que aquela era mesmo ela, que isso tinha que mudar.

"Pessoas melhores. O jeito como eles falavam me fazia querer tentar"

Outro ponto que quero destacar é o romance do livro, não foi nada forçado, não teve aquela adolescente completamente apaixonada, muito pelo contrário, tudo foi acontecendo aos poucos, e foi lindo acompanhar isso, o único defeito da história, foi o final, eu achei muito corrido, eu queria mais páginas, queria saber mais sobre como iria ficar algumas histórias, achei que acabou de repente sabe?

 Os personagens são cativantes, a história de amizade, do amor, da família, do autoconhecimento foi demais, a autora soube trabalhar muito bem esses pontos, e ainda fez uma critica, que vejo muito hoje em dia, e foi tratada no livro, a questão da 'aceitação' através de aplicativos, como por exemplo: ' Se essa foto não tiver mais de 20 curtidas no instagram, vou excluir" e isso é a realidade mesmo, amigas minhas já me falaram algo assim.
Por ser uma leitura rápida, acho que todos deveriam ler, indico muito esse livro, espero que encante outras pessoas assim como me encantou.

Espero que tenham gostado da resenha, conta aqui nos comentários se já leu, ou leria.
Beijos!

0 comentários:

Deixe seu comentário