Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter - Sarah MacLean

Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.
Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

Esse é o segundo livro da série Números do Amor e conta a história do Nicholas, gêmeo mais novo do Gabriel St. John e protagonista do livro anterior... como os personagens tem aparências idênticas é quase impossível não comparar os dois irmãos... e na comparação o Nick sai ganhando pois é mais amigável, gentil e aberto que o Gabriel (se bem que na ficção eu tenho um fraco por mocinhos difíceis).



Nick é um fofo, e é um daqueles mocinhos que se declaram antes das mocinhas... é gentil e tem um fraco por mulheres precisando de ajuda... o problema é que Isabel não quer ser uma dessas mocinhas que dependem dos outros... muitos consideraram a mocinha muito difícil e cheia de mimimi, mas eu não desgostei dela, até entendi sua relutância em aceitar a ajuda do Nick, afinal ela nunca pode contar com ninguém a vida toda e cresceu sem exemplos masculinos confiáveis... logo é difícil mesmo confiar em um homem... o problema é que é impossível não compará-la a Callie (esposa do Gabriel), aí a Isabel perde feio...

Uma coisa que gostei muito é que Isabel está escondendo uma jovem que fugiu de casa, Georgiana, e essa jovem é a personagem principal de um outro livro da autora "Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência", quarto livro da série O Clube dos Canalhas... e eu adoro quando as histórias se entrelaçam dessa forma...

O único defeito desse livro é que a lista dessa vez não funciona tão bem quanto no livro anterior, a lista anteriormente foi criada pela própria Callie e nesse é apenas a publicação de uma revista, se a personagem estivesse seguindo a lista teria sido uma coisa mais divertida.

Para quem gosta de romances de época não pode deixar de ler os livros dessa autora que são ótimos e essa série é quase um prequel da série O Clube dos Canalhas, então vale muito a pena ler todos... eu já estou ansiosa pelo próximo livro da autora que vai contar a história da irmã mais nova dos irmãos St. John e de um certo duque pra lá de arrogante...


2 comentários:

  1. Oi, Débora. Achei muito legal que as histórias se entrelacem, já li a Série do Clube dos Canalhas e amei a Georgiana, então imagina minha cara de surpresa. Eu ainda não li o livro mas já amo a Isabel porque ela vai de contra tudo aquilo que a sociedade prega, esse é o charme do livro.
    Abraço! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã...

      Ah, que legal que você já leu Clube dos Canalhas... nesse livro temos uma Georgiana bem diferente e inocente, mas achei muito legal como a história dos St. John se entrelaçam com o da outra série... acho que você vai gostar...

      beijos,

      Excluir