Por que Desventuras em Séries já é uma das melhores séries da Netflix?

Baseada na coleção campeã de vendas do escritor Lemony Snicket (também conhecido como Daniel Handler), “Desventuras em Série” conta a trágica história dos irmãos Baudelaire – Violet, Klaus e Sunny – órfãos sob a guarda do terrível Conde Olaf, que fará de tudo para colocar as mãos na herança das crianças. Os irmãos precisam constantemente despistar Olaf, frustrar seus planos malignos e investigar a misteriosa morte de seus pais.





Desventuras em Série
Elenco: Neil Patrick Harris, Patrick Warburton, Cobie Smulders, Joan Cusack.
Episódios: 8 (cada livro é adaptado em 2 episódios, ou seja, 4 livros por temporada)
Onde encontrar: Neflix




Nem estreou direto e Desventuras em Série já conquistou muitos fãs do livro e até mesmo alguns dos desconfiados fãs do filme estrelado por Jim Carrey. Com estética cuidadosa, atuações ótimas, os tão conhecidos avisos de "procure algo mais alegre para assistir" e detalhes novos acrescentados pelo autor Lemony Snicket/Daniel Handler, é até difícil listar apenas cinco razões de tamanha qualidade:




Conde Olaf é maravilhosamente terrível
Se a gente já amava o Jim Carrey com os seus trejeitos dramáticos, a atuação mais discreta e bem-humorada de Neil Patrick Harris (o Barney Stinson, de How I Met Your Mother) é perfeita para uma série. Ele não deixa de ser asqueroso, mas também acaba sendo muito engraçado de acordo com suas fantasias. Eu acho que essa foi a melhor escolha que poderiam ter tido pra essa adaptação.




Detalhes que não tinham nos livros
Não posso falar muito pra não dar spoiler, mas conhecemos muito mais sobre o funcionamento da sociedade secreta vendo a série do que lendo os livros. Eu li todos os que são adaptados nessa temporada e não lembro de tantas informações assim. Fora do ponto de vista dos Baudelaire, podemos ver como haviam pessoas tentando ajudá-los (mesmo que sem sucesso) em várias ocasiões. Isso por si só é um grande motivo para os fãs do livro assistirem.


A presença de Lemony Snicket
Além do autor da saga, Daniel Handler, trabalhar no roteiro dos episódios, o seu pseudônimo Lemony Snicket (o "autor" de Desventuras em Série) é um narrador que está presente em quase todas as cenas, acrescentando comentários e se envolvendo com a história tanto quanto a gente. E o mais legal: para quem não sabe, ele faz parte do universo de Desventuras em Série e acaba sendo citado algumas vezes pelos personagens. Além disso, temos um vislumbre de como está sendo a sua vida naquele momento, coisa que sempre imaginamos ao ler o livro.


Os órfãos Baudelaire
A princípio, eu não estava gostando da escolha dos atores, mas isso passou logo após a primeira cena deles. Violet tem um visual mais discreto do que nos filmes e Klaus já segue uma parecida. Sunny é ainda mais fofa e é impossível não arrancar uns "own" toda vez que aparece em tela. Só me dava raiva a impassividade deles diante de alguns problemas.



Easter eggs
Várias cenas contêm pequenas pistas para o que vai acontecer em seguida. O túnel em que Lemony Snicket caminha no primeiro episódio tem o nome de vários personagens escritos, alguns diálogos fazem referência ao próprio narrador e a cena final(!!!!) tem uma pista tão incrível que se estivesse nos livros, eu teria concluído a saga toda.



Agora, gente, o filme e a série são adaptações diferentes. Tem gente achando que o filme foi mais rápido, mas lembrem-se de que ele precisava ser rápido mesmo, porque tinha pouco tempo para contar aquela história. Uma série (especialmente da Netflix) tem muito mais tempo para contar a história.

Eu, particularmente, acho que Desventuras em Série da Netflix captou mais a essência dos livros do que o filme, beeem mais. Quem achou chato, talvez ache chata também a estruturação dos próprios livros. Eu amei cada detalhe, parece que a série foi uma declaração de amor ao universo do livro e sempre que isso acontece é lindo de se ver.

Curiosidade: ainda bem que me avisaram antes que a abertura de cada episódio é diferente e a letra da música também. Que, aliás, é cantada pelo próprio Neil Patrick Harris. Dá uma olhadinha:






Veja o trailer:


4 comentários:

  1. Mika não conseguir gostar :( Não sei o que houve, mas comecei a assistir e estou levando na raça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Léo? Mas tu chegou a ler os livros? Talvez seja mais especial pra quem é fã da história...

      Bjos!

      Excluir
  2. Oi Mikaela,

    Tô bem curiosa pra ver a série e ler os livros. Li o primeiro tem muito tempo e não lembro bem da estória, mas o filme eu gostei. Ao contrário de muitos. Espero gostar da série e perceber que ela fez jus aos livros que quase todo mundo gosta. :)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      A série é mais parecida com os livros do que com o filme. E vai mais além também. Acho que você vai gostar ;)

      Bjos!

      Excluir