Desintegrados - Neal Shusterman


A Fragmentação tornou-se um grande negócio com poderosos interesses políticos e corporativos em jogo. O governo não quer apenas continuar com ela, como também expandi-la.
Cam foi feito inteiramente com as melhores partes de fragmentados e, tecnicamente, ele é um garoto que não existe. Um verdadeiro Frankstein do futuro, que luta para encontrar sua identidade e se questiona se um ser como ele pode ter alma.
Quando as ações de um sádico caçador de recompensas ameaçam a causa de Connor, Lev e Risa, o destino de um deles é ligado ao de Cam.
A aguardada sequência de Fragmentados desafia a suposição de onde começa e termina a vida e o que realmente significa viver.
Classificação:

Autor: Neal Shusterman
Gênero: Distopia
Nro Páginas: 416
Editora Novo Conceito

Esse é o segundo livro da série Fragmentados, e na minha opinião ele foi ainda melhor que o primeiro livro da série... para quem nunca ouvi falar vou resumir um pouquinho o que é essa história...

Imaginem um mundo onde não é mais necessário curar doenças, não existem mais pessoas com problemas de saúde, ossos quebrados, deficiências... pode parecer um mundo ótimo, perfeito até... mas e se eu te falar que tudo isso não existe mais porque tudo o que você precisar é transplantado de jovens que foram abortados retroativamente?

Sim, aborto retroativo é uma realidade nesse tempo, os abortos como conhecemos hoje são proibidos, mas em seu lugar os pais podem se decidir pelo aborto retroativo de jovens de 13 a 17 anos... funciona assim, pais que tem filhos problemáticos assinam uma ordem onde os jovens são levados e seus órgãos, membros, pele e tudo mais é "desmontado" e transplantado em outras pessoas... a lei exige que 99,44% da pessoa continue viva, mas transplantada em outra pessoa...


É um mundo cruel, onde jovens adolescentes são tirados de seus lares e deixam de existir conscientemente, mas seus corpos continuam vivas em outras pessoas... a fragmentação é algo muito comum, todo mundo conhece alguém que foi fragmentado e alguém que recebeu partes desses jovens...

É sem dúvida uma das melhores distopias que já li e apresenta como personagens principais jovens rebeldes que foram "traídos" pelas pessoas que mais confiavam, seus próprios pais... 

É nítido ver as mudanças nos personagens principais do livro anterior para esse e um novo personagem surge... Camus, um jovem que foi totalmente "montado" com partes de outros fragmentados... um ser criado inteiramente do nada...

A série é bem impactante e faz a gente pensar muito sobre a vida, abortos, doação de órgãos, a responsabilidade na formação de uma pessoa e como os pais devem agir com seus filhos... é uma distopia cheia de ação e por isso é bem diferente das que eu já li pois te coloca realmente para pensar..

A série ganhará adaptação cinematográfica pela Constantin Films, ainda sem data de estréia... e o terceiro volume da série deve ser publicado ainda em Julho desse ano, pela editora Novo Conceito.

0 comentários:

Deixe seu comentário