Supernatural - O Diário de John Winchester

Sinopse: Baseado na série de TV Supernatural, “O Diário de John Winchester” é a reprodução fiel do livro-chave consultado pelos irmãos Dean e Sam Winchester nos episódios. Nele estão reunidos os muitos segredos colecionados por John para enfrentar a saga da família: ameaças sobrenaturais, demônios, fantasmas, espíritos, bruxas e vampiros estão minuciosamente descritos e detalhados nas centenas de ilustrações do Diário. Lançado com enorme sucesso em vários países, a tradução brasileira foi feita com cuidadosa pesquisa do universo sobrenatural.


Título: Supernatural.
Subtitulo: O diário de John Winchester.
Autora: Alex Irvine.
Editora: Gryphus
Ano: 2011.
Páginas: 224.

Classificação: 

Oi gente, tudo bem?
Quem ai é fã de Supernatural? Nada mais legal do que ter algo relacionado a série né?
Hoje vim trazer a resenha desse livro lindo, sim lindo, a Edição é maravilhosa, e o conteúdo é super fiel a série. Vêm conferir:


John Winchester, vivia em Lawrence - Kansas, junto com sua esposa Mary e seus dois filhos Sam (6 meses) e Dean (4 anos). Em uma noite, um incêndio aconteceu na sua casa, prendendo Mary ao teto. John só conseguiu salvar os filhos.

Duas semanas apos o ocorrido (16 novembro de 1983) John começa a escrever no diário ( que ganhou de Fletcher Gable) tudo oque aconteceu na sua jornada em busca de pistas do que matou sua esposa. Até dia 28 de outubro de 2005, onde ele finalmente descobre e vai atrás do que matou Mary. Que é o primeiro episodio da série, também onde Dean e Sam acham o diário, e continuam de onde John parou.


No diário podemos acompanhar o amadurecimento de John, o crescimento de Dean e Sam, e perceber que apesar de tudo que passou, John se esforça para ser um bom pai.


"O Dean quase não fala ainda. Tento bater papo ou pergunto se quer jogar beisebol. Qualquer coisa para ele se sentir como um garoto normal de novo. Ele nunca sai do meu lado - nem do irmão. Toda manhã, vejo Dean dentro do berço, abraçado com o Sam. Como se quisesse protege-lô do que se esconde na noite."


Algumas coisas no diário que vale a pena destacar é quando John encontra o Rituale romanum completo, que é a versão favorita dos exorcistas, e que é muito usado por Sam em toda a série. Fala dos aniversários de Sam e Dean, de lendas como A Mulher de Branco e Bloody Mary, também tem alguns momentos bem legais como a primeira caçada de Dean, o time de futebol infantil de Sam, e claro que não poderia faltar as brigas entre Sam e John, e criaturas como wendigo, lobisomens, demônios, a morte, cães negros e em alguma parte é até citado anjos.


Eu assisti a série antes de ler o livro, e isso no meu ponto de vista foi muito bom, porque a cada página que lia, relembrava de algumas cenas, e até coisas que não aparecem na série, como a saída de Sam para faculdade. Como o diário é 'narrado' por John podemos perceber os vários conflitos pelos quais passou desde a morte de Mary, e como lidou com tudo isso. Para quem não assistiu recomendo ver pelos menos as duas primeiras temporadas para evitar spoilers.


A versão é em capa dura, o livro é cheio de desenhos, e símbolos, oque deixa a leitura ainda mais agradável, e faz com que você se sinta um pouco mais perto desse mundo sobrenatural. 
Logo mais vou trazer a resenha do livro " Supernatural - O livro dos monstros, espíritos, demônios e ghouls" acho que os dois livros de completam. 

Essa imagem não ficou boa, eu sei, mas era a única forma de mostrar para vocês o quão parecido com o diário da série ele é ♥.

E ai gostaram? Espero que sim, quis colocar bastante fotos para vocês terem uma noção de como o livro é por dentro, eu super recomendo para quem é fã, (e para quem não é recomendo ver a série, vocês vão adorar) acho que é sempre bom ter algo que você vê os personagens usando na série. 

Me conta aqui nos comentários se vocês são fãs de sobrenatural, se já leram esse livro, ou se leria. 
Beijos !

"Salvar pessoas, caçar coisas, o negocio da família"

1 comentários:

  1. Oi Aline
    Eu adoro a série e li O diário de John Winchester a um tempo. Adorei ler o diário. Foi como ter uma participação especial na série.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir