Os mistérios de Sir Richard - Julia Quinn

Sir Richard Kenworth tem menos de um mês para encontrar uma esposa…
Por isso sabe que não pode ser muito exigente. Mas, quando vê Iris Smythe-Smith ao violoncelo no tradicionalmente desafinado recital de sua família, pensa que o destino trabalhou a seu favor. Ela é o tipo de garota que não atrai muitos olhares, porém algo o faz ter certeza de que é a escolha perfeita.
Iris Smythe-Smith já se acostumou a ser subestimada…
Com seu cabelo muito claro, a pele alva e o jeito discreto, ela quase sempre passa despercebida, ainda que seja a única do Quarteto Smythe-Smith que realmente sabe tocar um instrumento – não que alguém consiga escutá-la em meio à cacofonia dos concertos. Por isso, quando o charmoso Richard Kenworthy pede para ser apresentado a ela, Iris fica envaidecida, mas também desconfiada.
E quando o pedido de casamento dele se transforma numa situação comprometedora, Iris tem a sensação de que ele está escondendo algo… ainda que Richard pareça mesmo apaixonado e que o coração dela esteja implorando para que diga sim.

Título: Os mistérios de Sir Richard
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2017


O último livro da série Quarteto Smythe-Smith chegou ao fim e já estou com muitas saudades dessa família... esse quarto livro traz um tema até clichê em romances de época que é quando o casal se apaixona após o casamento... mas os motivos para esse casamento e a forma que tudo correu foram bem originais e me surpreenderam...

A autora vai dando pequenos sinais do que vai acontecer, então nada é uma surpresa absoluta, mas foi bastante original a forma como tudo foi conduzido... logo fica claro que Sir Richard precisa se casar urgentemente e nada o fará mudar de ideia depois que escolhe sua vítima, ou melhor, esposa...

Sir Richard é extremamente gentil e galante, bonito e muito cuidadoso com Iris, mas foi bem canalha forçando nossa heroína a se casar e por isso não se tornou meu mocinho favorito da série... ele não é aquele personagem canalha que não tem escrúpulos, mas como precisa se casar logo, faz de tudo para que isso aconteça, até mesmo comprometer a reputação de Iris...

Já Iris foi uma mocinha que me surpreendeu muito e eu amei ela... nos outros livros por mais que ela já tenha aparecido, foram participações bem rápidas e ela sempre estava metida em alguma discussão com uma das primas, então eu acreditava que ela era daquelas mocinhas bem briguentas, mas não... é um amor de pessoa, inteligente e esperta com ela só...

Só depois de casados é que os sentimentos do casal aflora, coisa que até teria acontecido naturalmente, pois eles são muito compatíveis... mas devido a pressa do casamento é impossível se apaixonar perdidamente por um estranho em duas semanas...

E foi justamente essa questão do casamento arranjado que mais gostei de Iris, ela desde o começo percebe que tem algo estranho no cortejo de Sir Richard, uma demonstração exagerada de paixão, um ardor que não combina com todo o resto...  quando sua reputação é comprometida ela não tem dúvidas de que foi intencional e que deve haver um motivo para a pressa... dinheiro não pode ser, afinal com 5 irmãs seu dote não é nada demais... sua beleza também não é estonteante... então a dúvida paira durante boa parte do livro na mente da nossa heroína...

Realmente estou com saudades dessa família, dessa sociedade londrina tão frívola, mas que alberga casais tão lindos e apaixonados... estou esperançosa que a Editora Arqueiro publique muitos outros livros da autora, que é mestra nos livros de época.

QUARTETO SMYTHE-SMITH
- Os mistérios de Sir Richard

0 comentários:

Deixe seu comentário