Meus Dias Com Você - Clare Swatman

Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho.
Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira?
Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.
A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.
Título: Meus Dias com Você.
Autor(a): Clare Swatman.
Editora: Arqueiro.
Páginas: 288.
Ano: 2017.

Classificação: 

Você se arrepende de algo que fez no passado? Algo que deixou de dizer por orgulho ou achando que teria todo o tempo do mundo, e deixando isso pra lá? O que você faria se acordasse e revivesse alguns momentos da sua vida? Momentos que podem ser importantes para não perder alguém lá na frente? Qual seria sua reação?




Zoe e Ed tiveram uma briga feia, e de manhã antes de ir para o trabalho Zoe nem ao menos diz o quanto ama Ed, ele sai triste e ela está estressada, vai para o trabalho e lá recebe a notícia que um ônibus acertou a bicicleta do seu marido e ele não resistiu e morreu.
Zoe perde o chão, e se ela tivesse se oferecido para leva-lo ao trabalho? E se tivesse segurado ele mais uns minutos? E se tivesse falado o quando o ama? Algo teria mudado?
"- Mas eu estava muito zangada com ele. E ele não tinha feito nada errado. Eu nem me despedi, e agora ele morreu e nunca mais vou poder dizer a ele quanto o amo. É tarde demais. O que vou fazer agora?"
Zoe está em luto, nada faz ela ter coragem de seguir em frente sabendo que poderia ser diferente, então em um surto de raiva ela começa a arrancar todas as plantas do jardim de inverno que Ed tanto amava, mas cai e bate a cabeça e acaba desmaiando;


Quando acorda Zoe está no quarto da casa de seus pais, e em vez de ter 38 anos, ela está novamente com 18 anos, as coisas estão encaixotadas e ela está indo para a faculdade, mas o que esse dia tem de importante? Sim, foi o dia em que Zoe conheceu Ed.
A partir desse momento Zoe começa a passar por alguns momentos que são muito importantes, tanto para ela quanto para Ed, e acompanhamos e conhecemos mais sobre os dois, os motivos das brigas, o tempo que levou para ficarem juntos, as viagens, e muito mais.
Mas por que Zoe está passando por todos esses momentos de novo? Algo vai mudar lá na frente? Ela vai conseguir dizer a Ed o quanto amava ou ainda vai ser tarde demais? LEIAM <3
" Talvez seja como o efeito borboleta: uma pequena mudança em algum lugar ao longo do caminho pode criar uma transformação enorme e impactante na vida de alguém a quilometros, ou anos, de distâcia. O que talves signifique que até mesmo uma minuscula mudança hoje pode ser relevante o suficiente para evitar que eu perca meu Ed."
Estava muito ansiosa para a leitura desse livro, a capa havia me chamado muito a atenção e a sinopse me deixou curiosa para saber o que iria acontecer.
A autora escreve de forma leve, e os capítulos são curtos conforme os dias em que Zoe reviveu. Os personagens são cativantes, e o livro passa uma mensagem linda.

Achei no começo que iria me decepcionar porque a premissa não tem muita novidade, mas ao decorrer do livro me sentia presa e não conseguia largar, ficava ansiosa para saber qual seria o próximo momento que Zoe iria reviver, e se no final algo iria mudar.

Zoe é uma personagem com personalidade forte, e em muitos momentos eu pensava 'não acredito que você fez isso', ou então 'eu não acredito que você brigou com ele por isso', mas quem já viveu com outra pessoa sabe que as brigas são pelos motivos mais insignificantes, o que me fez pensar na minha vida também, quantas brigas por besteiras, ou quantas coisas não ditas por orgulho.
A Zoe que queria fazer tudo diferente me surpreendeu muito, o que acabou me conquistando. Já o Ed é um amor, sempre prestativo, além de marido sendo melhor amigo, e claro temos a família deles, a irmã de Zoe, seus pais, e a mãe de Ed que fazem muita diferença na história toda. Sem falar da Jane, que é a melhor amiga de Zoe, gente eu quero ela na minha vida, que amiga hein? Sempre ali pela Zoe, sem deixar nada abalar a amizade delas.

Enfim, não vou falar muito para não entregar a história, mas eu indico muito esse livro, para qualquer pessoa, e quero dizer que nunca é tarde para falar o que a gente sente, e o quanto alguém é importante na nossa vida, não estou falando só de marido/namorado, mas de mãe, pai, irmãos e amigos, vai lá e mostre a diferença ;)

E prometo para vocês que quando vocês descobrirem o significado desse balão laranja vocês vão se emocionar assim como eu me emocionei, então corre ler e depois vêm me contar o que acharam?!

Ah e me fala aqui nos comentários o que acharam da resenha, e se querem ler? :D

Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

15 comentários:

  1. Eu gostei do jeito da história e pelo visto é bem gostoso de ler então. Ver as coisas que a Zoe vai reviver e ficar nessa expectativa pela próxima situação e pra ver se iria mudar deve ser legal. Já li uns livros que gostei muito e tinham umas coisinhas assim, então acho que seria legal conferir essa história por isso. A personagem parece ter um jeito que encanta e faz a gente ficar grudado na história dela e torcendo pra no final dar tudo certo. E me deixou curiosa esse negócio do balão laranja. Adoro quando a capa coloca alguma coisa a ver com a trama assim. Agora quero descobrir o que é! A resenha me deixou ainda mais curiosa pra conhecer esse livro ^^

    ResponderExcluir
  2. Olá !!

    Quero ler esse livro desde o lançamento !! A premissa é encantadora..
    Quero muito saber como vai terminar a história da Zoe ♡♡
    Sei que vou me envolver muito com a história e ficar emocionada.
    Quero muito !!
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Zoe não precisou ficar no "E se?" - "E se eu tivesse feito diferente?" -, ela teve uma oportunidade de fazer diferente, correr atrás dos prejuízos. Duvido que alguém nunca quis ter a oportunidade de Zoe. As situações diárias te levam a dizer ou fazer coisas que magoem terceiros, como no caso de Zoe e Ed, brigas bobas.
    Enfim, tbm me apaixonei pela capa e sinopse... QUERO PRA ONTEM!

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Linda resenha, fiquei muito motivada a saber mais dessa história.
    A premissa do livro já causa uma tremenda curiosidade e parece ser um enredo muito emocionante e com uma bonita mensagem.
    Espero ter a oportunidade de ler!
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Essa questão de a personagem ter conseguido uma segunda chance e as lições que são transmitidas na história, me deixaram bem curiosa.
    Parece ser uma leitura envolvente e bem emocionante. Um romance completinho!
    Já está na minha listinha de leituras e espero conferir em breve.
    E o que falar dessa capa? Um capricho!!!
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bom?
    Ainda não conhecia o livro, essa foi a primeira resenha que li sobre ele e fiquei realmente encantada, parece ser um livro que me tiraria de uma ressaca literária. Gosto de livros fofinhos assim. Adorei a sua resenha! Já está na lista de desejados, como lidar com isso? E essa capa? Confesso que pela sinopse tive a mesma impressão que você, mas que bom que estava enganada! Espero gostar tanto quanto você.

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  7. O que mais me chamou a atenção foi essa capa maravilhosa de linda. Quando a vi na página do facebook da editora fiquei louca e quando li a sinopse fiquei mais louca ainda!
    Quero ler e vou comprar em breve. Sua resenha está muito boa!
    Curiosa para saber se vai mudar alguma coisa no final!

    ResponderExcluir
  8. Aline!
    Gostei de ver um lançamento do mês já resenhado aqui.
    Confesso que fiquei um tanto confusa com o retorno de Zoe e porque ela teve essa oportunidade de voltar e falar sobre seus sentimentos...
    Deve ser um daqueles livros que nos leva a questionar determinadas atitudes e posicionamento e nos influencia a falar nossos sentimentos para não nos arrependermos depois.
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  9. Oi, essa coisa toda de reviver o passado me lembra da série The Flash, lá mesmo que ele tente mudar o passado sempre tem consequências. Fiquei curiosa pra vera se ela consegue mudar algo sem estragar todo o resto. Tá aí a importância de pensar bem antes de fazer a sua coisas, não é fácil, mas é bom ler algo assim pra se lembrar.
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  10. Olá Aline ;)
    A parte da trama de a personagem voltar no tempo me lembrou muito um filme que eu adoro demais, De Repente 30, com a maravilhosa Jennifer Garner.
    Desde que vi a editora divulgando esse livro fiquei super interessada em lê-lo, e sua resenha só me deixou mais curiosa ainda!
    Que legal saber que o livro tem essa narrativa que torna impossível largar a leitura antes de chegar no final.
    E que curiosidade para saber o significado desse balão laranja, já quero saber kkkk
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Amo livros, filmes nesse estilo. Para mim històrias assim serve como reflexão para nòs mesmos. Ja gostei de cara desse livro. Mais um para a extensa lista de livros para comprar.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Gostei muito desse livro, a premissa dele é maravilhosa!
    Ao ler a resenha, fiquei apaixonada pela historia, com essa situação dela faz nos mostra o quanto devemos dizer o quanto amamos alguém e isso e importante. Amei a trama, já quero esse livro já!

    ResponderExcluir
  13. Acredito que esta seja uma leitura bastante emocionante já que retrata a questão da perda, o quando não vivemos a vida sem pensar que existe amanha, e acabamos perdendo a oportunidade de dizer o quanto amamos as pessoas, apenas por causa de pequenas brigas, e discussões, estou querendo muito esta obra, acredito que esta será uma estória que irei amar.

    ResponderExcluir
  14. Essa é a primeira vez que vejo falar do livro e já estou super ansiosa para ler ele, é o tipo de livro que me agrada e me prende, parece ser muito emocionante e faz lembrar daquele filme Antes de termine o dia, em que o moço fica revivendo o ultimo dia dele com a sua mulher que morreu e ele não teve tempo de dizer que a amava.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  15. Que demais esse livro! É uma coisa que eu sempre falo mas tão difícil de colocar em prática, não dormir brigado, não sair de casa brigado, com qualquer pessoa que você ama. É complicado, e inevitável não sentir culpa depois. Eu quero saber o que aconteceu, fiquei bem curiosa, ainda mais sabendo que é uma leitura leve que dá pra devorar em poucos dias!

    ResponderExcluir