Origem - Dan Brown

Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete “mudar para sempre o papel da ciência”.
O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento… algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.
Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.
Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch.
Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo.
Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch… e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.
Título: Origem
Autor(a): Dan Brown
Editora: Arqueiro
Páginas: 432
Ano: 2017

Classificação:  

Sendo esse o quinto livro do autor em que o protagonista é o professor Robert Langdom, eu sinceramente achava que já teria me cansado da fórmula que o autor usa, porque é sempre a mesma premissa, Robert está em uma cidade diferente, acontece algo que ele tem que descobrir e tem sempre uma bela mulher como parceira nessa descoberta... Ah, também sempre rola uma clima entre ele e a parceira, mas no fim cada um vai pro seu lado... e tudo tem que ser resolvido em prazos curtos, geralmente 24 horas.

Bem, como disse, eu deveria ter me cansado... mas o genial do autor é que apesar de usar uma mesma fórmula ele ainda assim consegue se reinventar, em Anjos e Demônios, O código Da Vinci e até em Símbolo Perdido houve uma busca alucinada por pistas, teorias de conspiração e muitos enigmas a serem desvendados... em um ponto isso agrada muitos leitores pois seus livros são ágeis e até bem parecido com roteiros de filmes, eu diria... mas por outro lado, acabam sendo também pouco críveis, e por esse motivo Origem me agradou tanto, esse é o livro mais realista do autor...

Em Origem o autor te faz pensar em suas crenças e eu achei isso muito incrível, não vou comentar aqui muito sobre a sinopse do livro em si, pois ela já está ali em cima, ao lado da foto do livro, mas vou me concentrar em te contar como esse livro mexe com o leitor...

Origem começa com a premissa que descobriremos de onde viemos e para onde vamos, as duas grandes perguntas da humanidade e o autor consegue responder isso de uma forma bem original e simples até, o que dá bastante credibilidade a história... não que seja verdade, claro, afinal esse é apenas um livro de ficção, mas é bem elaborada... e eu, por exemplo, que fui criada em uma família evangélica e tenho uma curiosidade imensa pelas histórias, já li muito e pensei muito sobre a criação do mundo... há aqueles que acreditam que tudo ocorreu como descrito na bíblia, palavra por palavra, e no extremo aqueles que desacreditam totalmente em um Deus ou ser maior... E é essas duas linhas de raciocínio que o autor traz para o livro e coloca as teorias lado a lado, tornando impossível você também não parar um pouquinho e pensar em suas próprias crenças...

Outro ponto muito interessante é a revelação de para onde vamos, além de falar muito sobre as obras de Gaudi nesse livro, o autor fala muito sobre tecnologia já que um dos personagens principais é justamente um futurólogo de tecnologia e é incrível... basta dar algumas buscas no google que você irá perceber que muito do que foi descrito no livro já é possível e já existe realmente... e a revelação é um pouco assustadora, tanto é que já virou tema de diversos filmes e livros, mas não deixa de nos fazer pensar e até considerarmos que pode ser que já tomamos um caminho sem volta...

Enfim, creio que esse, juntamente com Anjos e Demônios, se tornou o meu livro preferido do autor, porque além de uma ótima história, te coloca para pensar em suas crenças e no que o futuro pode nos reservar.

Gostou da resenha? Então participe do sorteio do livro.


Não deixe de participar do nosso top comentarista do mês

5 comentários:

  1. Sou apaixonada pelos livros de Dan Brown mas eu preciso terminar de ler Fortaleza Digital e começar a ler ponto de impacto eu realmente preciso desse novo livro

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito da escrita do autor, acho que já li a maioria dos livros dele e quero muito ler este também!
    Acho legal que ele consegue nos manter vidrado na leitura e ainda assim manter todo o suspense.

    beijos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  3. Débora!
    Já sou bem fã do Robert Langdon e claro do Dan Brown, porque gosto muito das questões que levanta em seus livros, principalmente sobre religião e como elabora todo enredo voltado para a utilização dos conhecimentos de Langdon. E agora tudo se passa na Espanha, já fiquei empolgada.
    Uma pena que achou ter faltado algo e não foi empolgante como os anteriores.
    Ainda assim, quero ler.
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Curto demais as historias desse autor, foi um dos autores que mais li na minha descoberta de amor aos livros ( os livros cabeças ♥) ! Confesso que desde o lançamento dele fiquei louca para ler algo dele, e sempre tenho lido resenhas positivas sobre esta sua obra, e de como foi mudada seu desenvolvimento de sua historia. Esta na topo da minha lista de desejados, espero poder conferir em breve mais esta aventura!

    ResponderExcluir
  5. Amo a escrita do autor, da facilidade que desenvolve as histórias sem deixa-la cansativas. A origem é um livro que preciso ler, pois tras de volta Robert Langdon, me tornei fã dele desde O còdigo da Vinci.

    ResponderExcluir