Lady Whistledown Contra-Ataca (Lady Whistledown #1) - Julia Quinn

Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown contra-ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável.
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.
Dias atrás fiz o post do segundo livro dessa deliciosa série, li fora de ordem, pois não havia me interessado quando ele foi publicado e só depois da minha curiosidade me fazer ler aquele é que fui correndo ler esse...

Mais uma vez não vou citar cada conto conto individualmente já que existem várias resenhas que citam cada um em detalhes, novamente as quatros histórias tem um evento em comum, nesse é um jantar em que uma joia desaparece, e eu fiquei o livro todo com a pulga atrás da orelha sobre o que poderia ter acontecido, mas confesso que me surpreendi com o desfecho...

Devo dizer que achei o segundo levemente melhor do que esse, com mais humor pelo menos... mas apenas um pequeno parágrafo citando o jovem Colin Bridgerton nesse livro, já me fez dar um sorriso e um suspiro... será isso amor??

O que acho o máximo nessa antologia é que os personagens se veem ao longo dos contos, alguns até conversam, e é muito legal ver as mesmas cenas narradas sob perspectivas diferentes... principalmente sabendo que cada história foi escrita por uma pessoa diferente...

Olha, quem leu e conseguiu reconhecer o estilo de cada autora, ou até mesmo diferenciá-los, na minha opinião, merece uma medalha... porque eu sou incapaz desse feito mesmo tendo lido vários livros da Suzanne Enoch e umas duas dezenas de livros da Julia Quinn... se eu não soubesse quem escreveu o que, não teria a menor ideia nem que foram quatro autoras diferentes tão próximos ficaram seus estilos de escrita nessa série...

Novamente tive dificuldades para escolher meu favorito, gostei de todos... creio que o primeiro e o último tiveram uma pequena vantagem, mas no geral esse é um livro que mostra homens muito fortes mentalmente, em todos os contos os personagens masculinos são muito decididos e firmes, mesmo quando sua firmeza de caráter os leve para longe da pessoa amada...

No primeiro conto, Peter não quer se mostrar um caça fortunas e quer provar que não está interessado em Tillie pelo seu dote... no segundo, Antony terá que convencer Bella a aceitá-lo quando o que ela mais quer é ser independente... no terceiro, Xavier é um famoso libertino e precisa lutar até contra os pais de Charlotte para conseguir cortejá-la... no quarto, Max abandonou a esposa após um escândalo, agora Sophia quer a anulação e ele volta com tudo pronto para reconquistá-la... nesse conto ainda vale uma menção honrosa a John, irmão da Sophia, um fofo, que só sabe ir na casa da irmã pra comer e se meter na vida alheia...

Então minhas caras amigas, se preparem porque esse livro é um mocinho mais apaixonante que o outro...

Os livros podem ser lidos fora de ordem e não farão a menor diferença, mas a leitura fica melhor se você já leu Os Bridgertons pelo menos até o livro do Colin, isso porque Lady Whistledown é a maior fofoqueira anônima da cidade e tudo ficará mais divertido se você já souber quem ela é e porque ela existe... principalmente nesse livro, onde ela não poupará nem a própria mãe... nem preciso dizer o quanto ri nessa parte...

Uma pena que a série só tem 2 livros publicados entre 2003 e 2004, o que significa que provavelmente não haverá outros, porque eu leria mais uns 10 nesse estilo...

Série Lady Whistledown
- Lady Whistledown Contra-Ataca- Nada Escapa a Lady Whistledown

1 comentários:

Deixe seu comentário