The Heart of Betrayal - Mary E. Pearson

Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela.

Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família... e seu próprio destino.


Título: The Heart of Betrayal
As Crônicas de Amor e Ódio #2
Autora: Mary E. Pearson
Editora: Darkside
395 páginas

Avaliação:

Cantei sobre atos de coragem e mágoas e esperança, vendo sem olhos, ouvindo sem ouvidos, os modos de confiança e uma linguagem de saber enterrados profundamente neles, um modo tão antigo quanto o próprio universo. Contei a eles sobre as coisas que duram, as coisas que permanecem e sobre um dragão que estava despertando.
Lia - página 342


The Heart of Betrayal apresenta um fenômeno incomum nas trilogias que eu conheço: o segundo livro supera o primeiro!

Na verdade, eu me pergunto como a autora passou tanto tempo focada no triângulo amoroso na primeira parte de The Kiss of Deception e não entrou logo na narrativa épica protagonizada por uma mocinha super empoderada.

Sempre Haverá Você - Heather Butler

Sinopse: Quando o George escreve as coisas, destaca suas palavras preferidas em negrito. As palavras de que ele não gosta, escreve em letras pequenas e bem magrinhas.
Ele adora a escola, mas detesta o Carl, que é malvado e gosta de colocar medo nas outras crianças.
Ele ama o seu irmãozinho, Theo, mas de vez em quando perde a paciência com ele.
O jogo preferido do George é aquele em que ele e a mamãe brincam com palavras novas. Na verdade, a mamãe é a pessoa favorita do George no mundo inteiro. Ele gosta mais dela do que do seu melhor amigo, Dermo, ou do seu cão fedorento, mas adorado, que se chama Goffo.
Agora que a mamãe ficou doente, está cada vez mais difícil sorrir e inventar versos com o Theo.
Sempre haverá você conta sobre uma família diferente da sua, mas um pouquinho parecida. E de um menino que está aprendendo algumas coisas. Você quer ser amigo dele?
 Título:Sempre Haverá Você.
Autor(a): Heather Butler.
Editora: Novo Conceito.
Páginas: 256.
Ano: 2017.

Classificação:


Oi gente, tudo bem?
Sempre Haverá Você é aquele livro que você quer colocar em um potinho e proteger para sempre sabe? Um livro lindo, que me emocionou, me fez rir, me encantou e eu quero que todas as pessoas do mundo tenham a chance de ler ele, independente da idade, Sempre Haverá você vai te conquistar assim como me conquistou, isso eu garanto.

Eu estou apaixonada nessa foto, até agora não sei como consegui tirar ela kk.

5 livros para melhorar o seu dia


Calma lá que eu não vou falar de autoajuda! Mas é que andei pensando que existem tantos tipos de livros pra tantos momentos diferentes da nossa vida, né? Existe aquele livro para aquela leitura mais elaborada, aquele para fazer você roer as unhas, aquele para fazer você refletir e aquele que melhora o seu dia.

Vou listar os livros que são leves, divertidos e perfeitos para aliviar o estresse do dia a dia, na minha opinião:

3 Filmes para assistir no Netflix - Parte 2

Quando nós imaginamos que já assistimos todos os filmes legais da Netflix, sempre nos deparamos com mais filmes do enorme catalogo do aplicativo. Muitas vezes a indecisão toma conta e passamos tanto tempo procurando o filme perfeito para o momento que deixamos alguns diamantes do cinema passarem despercebidos por nós.
Para ajudar, resolvi separar 3 filmes para te poupar na escolha da imensa lista do serviço. E aí, faltou algum? Comente!

Espero Por Você - J. Lynn/Jennifer L. Armentrout

Algumas coisas valem a pena esperar. Algumas coisas valem a pena experimentar. Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio. E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem um metro e noventa de altura, impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?
O gênero New Adult não é um dos meus preferidos, mas vira e mexe eu leio algum livro e surpreendo... e esse é um desses casos, impossível ler e não se apaixonar pelo protagonista que é a personificação de tudo o que é lindo, maravilhoso, doce, gentil...

Logo no começo temos uma protagonista cheia de traumas e conflitos, onde em alguns momentos é forte desafiando os pais e indo morar sozinha em um outro estado, enquanto em outros parece um filhotinho de cachorro com medo de tudo e de todos...

Avery não é uma mocinha da qual eu fui muito fã, sua insegurança é tão grande que em alguns momentos eu tive vontade de entrar no livro e sacudir a menina... ela se fecha em sua insegurança fazendo suposições do que as pessoas pensam ou como vão reagir e eu até entendo seus traumas, mas teve momentos um pouco desnecessários... 

Graças ao lindo protagonista masculino, Cameron Hamilton, ou como ele mesmo prefere ser chamado, Cam, todas as falhas que achei em Avery foram suplantadas pela personalidade do mocinho que é lindo, fofo, gentil, sexy, autoconfiante, bom aluno, inteligente, engraçado, perfeito demais... é um daqueles pernagens que a gente tem quase certeza que só existe em livro e que a gente se apaixona logo na primeira fala...

Aos poucos a amizade dos personagens é construída e Cam demonstra interesse por Avery logo no início, mas ela não leva á serio e sem leva na brincadeira quando o moço a chama pra sair...

O livro tem muitas cenas hot, o que é bem comum nos livros do gênero... alguns até costumam chamar de soft porn por ser mais leve que outros livros adultos, uma coisa que eu não gosto nas maiorias dos livros new adult é porque as mocinhas tem que ser virgens mesmo quando já tem mais de 20 anos? Ok, elas até podem ser virgens, ou bem pouco experientes, mas me explica como elas podem nunca ter beijado? Essa necessidade das mocinhas serem "inocentes" me incomoda bastante...

Outra coisa me incomodou um pouquinho na trama... o pessoal faz sexo sem camisinha!!! Achei essa falha bem absurda em se tratando de dois jovens universitários... até porque é um livro destinado a um público também jovem... achei que a autora pisou na bola...

O livro é ótimo, traz um romance bem fofo, um casal que vai se descobrindo aos poucos e superando vários traumas juntos... infelizmente não é perfeito, mas é um daqueles livros que a gente adora o mocinho e sofre por ele ser um personagem de ficção...

Gostei tanto que fui pesquisar mais sobre essa série e descobri que há um outro livro sob o ponto de vista do Cam... adorei saber disso e espero que a editora publique em breve pra gente ter um gostinho a mais...