A duquesa feia - Eloisa James

Como ela ousa achar que ele a ama, quando Londres inteira a chama de Duquesa Feia?
Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado.
Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses.
Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote.
E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação.
Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra
Título: A duquesa feia
Autora: Eloisa James
Trilogia Conto de fadas #3
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Quantidade de páginas: 272
Avaliação de (0 a 5): Favorito

Esse novo livro da Eloísa James já entrou disparado na lista dos meus livros favoritos, e quando se lê tantos livros de época como eu, é maravilhoso encontrar um que a história foge totalmente do convencional e esse é exatamente isso, afinal o mocinho é um duque lindo (até aí nenhuma novidade) e pirata (isso sim é algo diferente)...

Apesar desse ser o terceiro livro da série, as historias são totalmente independentes e podem ser lidas fora de ordem...

James e Theodora foram criados juntos, são melhores amigos e companheiros de infância, isso porque o pai de James é tutor legal de Theodora, mas o velho duque é um homem desprezível, irresponsável e no último ano "pegou emprestado" parte do dote da moça e agora quer que James se case com ela para que ninguém descubra e para salvar as propriedades da família que estão todas hipotecadas.

Inicialmente James é contra essa ideia pois ama Theodora, a quem ele chama de carinhosamente de Daisy, como uma irmã e sabe que ela ficará profundamente magoada quando descobrir que ele só se casou com ela por causa da sua herança.

Theo é considerada uma moça feia e não tem muitos pretendentes apenas caça dotes e quando James se mostra apaixonado, ela que nunca havia pensado nele dessa forma, logo acredita e acaba se apaixonando por ele também...

O casamento é realizado sem demora e o que James não esperava era que realmente fosse se apaixonar por Theo em pouquíssimo tempo... mas a sombra da mentira sempre pesa sobre a cabeça dele e poucos dias após o casamento o pai de James faz com que Theo descubra sobre todas as maquinações dos dois, ela, profundamente magoada, pede que James vá embora e ele a obedece, deixando toda a administração das propriedades e riquezas para Theo... embarca em um navio de sua propriedade e vai para o mar, quando esse navio é atacado por piratas ao invés dele se entregar junto com a tripulação ele propõe ao pirata uma parceria, que eles possam virar corsários e atacar outros navios piratas...

Anos se passam... Theo agora é uma mulher sofisticada sinônimo de elegância na alta sociedade deixou de ser um patinho feio e se transformou em um belo cisne, nos últimos anos ela contratou detetives para irem atrás de James, mas nenhum trouxe qualquer notícia...

James por sua vez é um famoso corsário muito temido em todos os mares e muitas vezes pensou em retornar a Inglaterra mas desconsiderou, achando que Theo seria mais feliz com a sua ausência...

Próximo de completar 7 anos da ausência de James a câmara dos Lordes está prestes a considerá-lo como morto e passar seu título ao próximo herdeiro, seu primo, que hoje é um grande amigo de Theo... o que ninguém esperava é que James retornasse disposto a tudo para reconquistar seu título e sua esposa...

James é um mocinho completamente fora do comum, ele se casou muito cedo, tomou decisões equivocadas, se tornou um Corsário, tem uma tatuagem no rosto e é considerado bastante selvagem, bem diferente do jovem que foi aos 20 anos quando se casou com Theodora, mas é tão doce e apaixonado... foi incrível ver a mudança do personagem...

Theo também está bem diferente ela não é mais a menina cheia de sonhos mas sim uma prática mulher de negócios que assumiu todas as responsabilidades do seu marido e fez seu dinheiro e suas propriedades crescerem e prosperarem, lidou com as fofocas cruéis após o abandono do marido... muitos disseram que ela foi largada por ser feia demais... e isso doeu bastante nela... apesar de muito jovem na época, apenas com 17 anos, Theo se reinventou, deu a volta por cima...

Esse é um daqueles livros que você fica muito triste quando tudo parece afastar o casal, torce para que eles fiquem juntos novamente... e os dois erraram bastante, Theo por manda-lo embora... e James por ter ido... já que os dois se amavam e sequer deram uma chance para esse amor...

Ah, eu amei esse livro demais... fiquei também muito curiosa para ler o conto sobre o outro corsário, que é sócio de James... ele também é nobre e também largou a esposa para trás... gostaria muito que a Editora Arqueiro publicasse esse conto (por favor, nunca te pedi nada!!), pois parece ser daqueles bem bonitos...

Enfim, se você nunca leu nada de época ou mesmo tenha curiosidade por ler algo da autora, esse livro sem dúvida é minha indicação, eu garanto que você não irá se decepcionar...

Baixe um trecho do livro

[Resenha] O Urso e o Rouxinol

Guerra dos tronos encontra Mitologia nórdica, bestseller de Neil Gaiman, neste conto de fadas ambientado na Rússia medieval. Romance de estreia da norte-americana Katherine Arden, que morou dois anos em Moscou.

O urso e o rouxinol mistura aventura, fantasia e mitologia ao acompanhar a jornada da jovem Vasya, criada, junto aos irmãos, num vilarejo próximo de uma floresta, e que cresceu ouvindo de sua ama contos e lendas sobre criaturas que vivem nas matas e que precisam receber oferendas para manter o mal adormecido em seu interior. Mas a chegada de Anna, madrasta de Vasya vinda da capital, de hábitos católicos, e de um padre ortodoxo que resolve instituir as práticas cristãs no vilarejo, provoca uma mudança na rotina da menina e abre as portas para uma terrível catástrofe. Sensível e determinada, Vasya é a única que consegue enxergar e conversar com esses seres fantásticos e torna-se a última esperança para salvar o povoado onde nasceu da destruição.

Título: O Urso e o Rouxinol
Autora: Katherine Arden
Trilogia Winternight #1
Editora: Fábrica 231
Ano: 2017
Quantidade de páginas: 320

Avaliação de (0 a 5): 5,0 

A Copa tá quase acabando (é, eu sei, o sonho do hexa fica para a próxima), mas que tal uma história LINDA que se passa na Rússia? Sem delongas, O Urso e o Rouxinol é um dos melhores livros que eu li esse ano! AMEI muito e vou protegê-lo. Vem comigo que eu te explico o porquê!

[Resenha] Volta para Casa - Harlan Coben

Dez anos atrás, dois meninos de 6 anos foram sequestrados enquanto brincavam na casa de um deles, uma mansão em um bairro elegante de Nova Jersey. Mas, após o pedido de resgate, as famílias nunca mais tiveram notícias dos sequestradores nem de seus filhos. 

Agora, Myron Bolitar e seu amigo Win acreditam ter localizado um deles, o adolescente Patrick, e farão de tudo para resgatá-lo e obter as respostas pelas quais todos anseiam:

O que aconteceu no dia em que foram raptados?

Onde ele esteve durante todo esse tempo?

E, o mais importante, onde está Rhys, seu amigo ainda desaparecido?

Após cinco anos sem escrever nenhum livro da série Myron Bolitar, Harlan Coben brinda os leitores com Volta Para Casa, um suspense explosivo, como só o seu talento pode criar. Um thriller profundamente comovente sobre amizade, família e o verdadeiro significado de lar

Título: Volta para Casa
Autor: Harlan Coben
Série Myron Bolitar #11
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Número de páginas: 304

Avaliação (de 0 a 5): 4,0 

Uma narrativa ágil, personagens que parecem saídos de filmes e várias reviravoltas ao longo da história. Para quem gosta de uma boa dose de ação e mistério, Volta para Casa é um prato cheio.

Antes de mais nada, esse é um livro que pode ser lido independentemente dos anteriores da série. Fiquei assustada ao saber que ele fazia parte de uma coleção extensa, mas consegui aproveitar a leitura mesmo assim. Claro que há inúmeras referências a fatos passados, mas nada que atrapalhe a história.

Lady Whistledown Contra-Ataca (Lady Whistledown #1) - Julia Quinn

Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown contra-ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável.
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.
Dias atrás fiz o post do segundo livro dessa deliciosa série, li fora de ordem, pois não havia me interessado quando ele foi publicado e só depois da minha curiosidade me fazer ler aquele é que fui correndo ler esse...

Mais uma vez não vou citar cada conto conto individualmente já que existem várias resenhas que citam cada um em detalhes, novamente as quatros histórias tem um evento em comum, nesse é um jantar em que uma joia desaparece, e eu fiquei o livro todo com a pulga atrás da orelha sobre o que poderia ter acontecido, mas confesso que me surpreendi com o desfecho...

Devo dizer que achei o segundo levemente melhor do que esse, com mais humor pelo menos... mas apenas um pequeno parágrafo citando o jovem Colin Bridgerton nesse livro, já me fez dar um sorriso e um suspiro... será isso amor??

O que acho o máximo nessa antologia é que os personagens se veem ao longo dos contos, alguns até conversam, e é muito legal ver as mesmas cenas narradas sob perspectivas diferentes... principalmente sabendo que cada história foi escrita por uma pessoa diferente...

Olha, quem leu e conseguiu reconhecer o estilo de cada autora, ou até mesmo diferenciá-los, na minha opinião, merece uma medalha... porque eu sou incapaz desse feito mesmo tendo lido vários livros da Suzanne Enoch e umas duas dezenas de livros da Julia Quinn... se eu não soubesse quem escreveu o que, não teria a menor ideia nem que foram quatro autoras diferentes tão próximos ficaram seus estilos de escrita nessa série...

Novamente tive dificuldades para escolher meu favorito, gostei de todos... creio que o primeiro e o último tiveram uma pequena vantagem, mas no geral esse é um livro que mostra homens muito fortes mentalmente, em todos os contos os personagens masculinos são muito decididos e firmes, mesmo quando sua firmeza de caráter os leve para longe da pessoa amada...

No primeiro conto, Peter não quer se mostrar um caça fortunas e quer provar que não está interessado em Tillie pelo seu dote... no segundo, Antony terá que convencer Bella a aceitá-lo quando o que ela mais quer é ser independente... no terceiro, Xavier é um famoso libertino e precisa lutar até contra os pais de Charlotte para conseguir cortejá-la... no quarto, Max abandonou a esposa após um escândalo, agora Sophia quer a anulação e ele volta com tudo pronto para reconquistá-la... nesse conto ainda vale uma menção honrosa a John, irmão da Sophia, um fofo, que só sabe ir na casa da irmã pra comer e se meter na vida alheia...

Então minhas caras amigas, se preparem porque esse livro é um mocinho mais apaixonante que o outro...

Os livros podem ser lidos fora de ordem e não farão a menor diferença, mas a leitura fica melhor se você já leu Os Bridgertons pelo menos até o livro do Colin, isso porque Lady Whistledown é a maior fofoqueira anônima da cidade e tudo ficará mais divertido se você já souber quem ela é e porque ela existe... principalmente nesse livro, onde ela não poupará nem a própria mãe... nem preciso dizer o quanto ri nessa parte...

Uma pena que a série só tem 2 livros publicados entre 2003 e 2004, o que significa que provavelmente não haverá outros, porque eu leria mais uns 10 nesse estilo...

Série Lady Whistledown
- Lady Whistledown Contra-Ataca- Nada Escapa a Lady Whistledown

Mais Forte Que o Sol (Irmãs Lyndon #2) - Julia Quinn

Quando Charles Wycombe, o irresistível conde de Billington, cai de uma árvore – literalmente aos pés de Elllie Lyndon –, nenhum dos dois suspeita que esse encontro atrapalhado possa acabar em casamento.
Mas o conde precisa se casar antes de completar 30 anos, do contrário perderá sua fortuna. Ellie, por sua vez, tem que arranjar um marido ou a noiva intrometida e detestável de seu pai escolherá qualquer um para ela. Por isso o moço alto, bonito e galanteador que surge aparentemente do nada em sua vida parece ter caído do céu.
Charles e Ellie se entregam, então, a um casamento de conveniência, ela determinada a manter a independência e ele a continuar, na prática, como um homem solteiro.
No entanto, a química entre os dois é avassaladora e, enquanto um beijo leva a outro, a dupla improvável descobre que seu casamento não foi tão inconveniente assim, afinal...
Título: Mais forte que o Sol
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Número de páginas: 288


Avaliação (de 0 a 5): 5,0


Ah, quem resiste a um livro onde o romance começa com um casamento de conveniência?? Você não? Pois eu simplesmente adoro... me faz sempre pensar em como eram os casamentos antigamente, já imaginou casar com alguém que você mal conhece? Até os namoros eram bem curtos e bem castos... não tinha essa de ver se tem química e nem divórcio... #medo

Voltando ao livro, essa série é composta por apenas dois livros, o primeiro é bom, mas não é o melhor da autora... já esse segundo é maravilhoso... se tornou um dos livros que mais gosto da autora, os personagens são ótimos, o enredo... a história também é simples, assim como o primeiro livro, mas esse tem mais personagens secundários, uma família toda e isso faz toda a diferença...

Ellie é uma mocinha encantadora, já considerada solteirona e não tem problemas com isso, até o pai se decidir casar novamente com uma mulher que é uma VACA, em letra maiúscula mesmo... o livro também mostra bem como eram limitados os direitos das mulheres e que mesmo Ellie sendo uma mulher muito capaz e inteligente não tinha como cuidar sozinha dos seus próprios negócios, nem mesmo do seu próprio dinheiro... e é aí que ela conhece Charles e ele rapidamente a pede em casamento, no início ela nem pensa nessa possibilidade, mas quando começa a pensar em sua vida e no que a aguarda, ela repensa a decisão e aceita...

Charlie é um mocinho adorável, tem uma personalidade fofa, risonha, bem humorado mesmo nas piores situações... é o tipo de homem que eu me apaixonaria de verdade e muito facilmente... ele precisa se casar com urgência para não perder sua herança e quando conhece Ellie, nem pensa duas vezes e os surpreende pedindo a em casamento... os surpreende porque ele também fica surpreso ao perceber que quer um casamento de verdade, com uma mulher que possa ser sua companheira e isso é o maior encanto do livro...

Em muitos livros de casamento por conveniência os personagens combinam um casamento falso, com vidas separadas e até amantes, mas aí se apaixonam... nesse livro, o Charlie até pensa em fazer um arranjo assim antes de conhecer Ellie, mas depois que se casam, ambos percebem que querem um casamento de verdade, uma cômoda vida conjugal... claro que a vida de casados vai se mostrar tudo, menos cômoda... ambos terão que enfrentar muitos desafios, inclusive lidando um com o outro, se conhecendo melhor e algumas pessoas irão causar grandes problemas tentando fazer com que o casamento seja mais curto do que os protagonistas imaginariam...

Bem, se depois de tudo isso eu ainda não te convenci de que você precisa ler esse livro, faça o apenas porque eu estou pedindo então, juro que você não vai se arrepender...

Duologia Irmãs Lyndon
- Mais lindo que a Lua
- Mais forte que o Sol