Depois Daquela Montanha - Charles Martin

Sinopse: O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo. Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada. Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado?
À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.
Título: Depois Daquela Montanha
Autor(a): Charles Martin
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2017

Classificação:  

Oi gente, tudo bem?
Hoje a resenha é sobre um livro incrível, que me surpreendeu muito, e me mostrou o poder do amor. E que é nas horas mais difíceis que descobrimos nossa maior força.

A série que todo mundo está assistindo — The Sinner


 Sinopse: Numa tarde na praia, uma dona de casa enraivecida esfaqueia até a morte um desconhecido — crime que vai chocar a cidadezinha.

Estreou ♦ 07 de Novembro de 2017
 

Vi no catalogo da Netflix, foi quando li a sinopse pela primeira fez pela qual não me interessou nem um pouco. Parecia ser uma série óbvia que não valia a pena ser em oito episódios. Porém, me deixei levar pelas avaliações positivas de vários sites... e quando terminei só o que senti foi o impacto de ter assistido uma grande série.

 

[DIY] Marcadores de Harry Potter


Oi gente, tudo bem?
Semana passada eu quis fazer alguns marcadores de Harry Potter, eu sou apaixonada pela saga, mas não tinha nenhum marcador, peguei as imagens na internet, e imprimi, vou ensinar vocês como fiz, mas sabe o mais legal? Você pode usar e abusar da criatividade, têm muitos modelos lindos na internet, se vocês quiserem posso trazer um post com mais exemplos <3

[Sorteio] - Exemplar Origem, do @AuthorDanBrown — @editoraarqueiro


Olá leitores! Vim com surpresas... quer levar para casa o novo lançamento do Dan Brown? Origem? 



É bem fácil...

Só fazer os requisitos abaixo que já estará concorrendo! Que a sorte esteja ao seu favor 👐


a Rafflecopter giveaway

[Resenha] Misery - Stephen King

Paul Sheldon descobriu três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após emergir da nuvem escura. A primeira foi que Annie Wilkes tinha bastante analgésico. A segunda, que ela era viciada em analgésicos. A terceira foi que Annie Wilkes era perigosamente louca. Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie Wilkes, que surge em seu caminho.
A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo.

Título: Misery - Louca Obsessão
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2014
326 páginas

Avaliação (de 0 a 5): 5,0

Quando você lê Misery, imediatamente descobre três coisas. A primeira é que não há limites para o horror nos livros de Stephen King ("Ah, ele não vai fazer isso né, claro q n... Ai meu Deus, ele escreveu isso mesmo!!!). A segunda é que ele escreveu esse livro com tanta maestria que o leitor poderia dançar entre metalinguística, suspense, esperança e frio na barriga. A terceira é que você não vai conseguir largar até terminar.